2016/11/26

Japan Display cria ecrã de alta-densidade para VR


Um dos problemas dos óculos VR actuais é o efeito de "rede" causado pelo facto de termos um ecrã ampliado em frente aos olhos, e que nos deixa ver os intervalos entre os pixeis, mas isso é algo que fabricantes como a Japan Display já estão a tratar de resolver.

A Japan Display - que resulta de uma parceria entre a Sony, Toshiba e Hitachi - está a criar ecrãs concebidos especificamente para VR (bem se pode perceber o interesse que a Sony tem nisso, para futuras versões do seu PlayStation VR). Um dos modelos em desenvolvimento é um ecrã de 3.42" com 1440x1700 pixeis, resultando numa densidade de 651 pixeis por polegada.

Para referência, um ecrã Full HD de 5" tem aproximadamente 441ppi, e mesmo o ecrã de 2560x1440 de 5.1" de um Galaxy S7 fica-se pelo 577pp. Aumentando-se esta densidade para os 651ppi e com margens reduzidas entre os pixeis, podemos ter uma experiência VR muito mais imersiva e sem distracções devidas às limitações técnicas dos ecrãs - sendo que os planos são para que, de seguida, se comece a trabalhar em ecrãs com 800ppi que permitirão ainda maior qualidade de imagem.

Mas a densidade é apenas um dos factores que pesa na qualidade de imagem. Este ecrã também foi pensado para reduzir o efeito de "motion blur", funcionando a 90Hz e com tempo de resposta de apenas 3ms (black-to-white). Boas notícias para o futuro dos óculos VR... e lá chegaremos ao dia em que se poderão ter imagens que rivalizam com a qualidade "do mundo real". :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]