2016/12/13

Uber não protege privacidade dos clientes?


Para além das preocupações com a NSA, parece que agora temos que nos preocupar também com os abusos que empresas como a Uber estão a ser acusadas de fazer, espiando a localização dos seus clientes sem qualquer motivo legítimo.

A Uber já tinha sido fortemente criticada quando se descobriu que alguns dos seus executivos estavam a aceder ao sistema para verem por onde é que os seus clientes andavam em tempo real. Em resposta a isso foi dito que o acesso a este tipo de dados seria fortemente restringido e que seria despedidos os funcionários que tivessem acedido indevidamente a estas informações.

Mas, ex-funcionários da Uber responsáveis pela segurança dizem que pouco ou nada mudou na empresa, e que continua a ser extremamente fácil qualquer funcionário saber por onde anda qualquer pessoa, quer seja um político, uma vedeta, ou até uma ex-namorada; sendo frequente acederem a pedidos de amigos para lhes dizerem por onde andam certas pessoas. E a isto somam-se acusações de que a empresa nada tem feito para tratar destas questões, mesmo quando estes abusos são reportados - assim como o facto da empresa parecer mais preocupada em eliminar provas negativas que possam ser usadas contra si.

São acusações que já seriam graves, mas que se tornam ainda mais graves quando se tem em conta que a empresa ainda recentemente pediu/exigiu a confiança dos seus clientes para ter acesso à sua localização mesmo quando não estão a utilizar o serviço. Algo que, a existirem estas "liberdades", transforma a Uber numa mini-NSA, com a agravante de que nem existe qualquer controlo sobre quem é que poderá aceder e tirar partido desta informação.


Com a Uber a ser processada por um dos seus ex-funcionários que tinha sido contratado para melhorar as questões de segurança, vai ser interessante ver no que isto vai resultar... e de que forma a Uber conseguirá recuperar a confiança dos seus clientes caso todas estas acusações se venham a confirmar.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]