2017/01/19

Áustria aplica VR às aulas de condução

Se os actuais simuladores nas escolas de condução não vos convencem, talvez isso venha a mudar com o recurso às tecnologias de realidade virtual, como já está a ser feito na Áustria.


A realidade virtual vai muito para lá dos jogos e visualização de vídeos. As possibilidades que esta tecnologia permite podem dar origem a inúmeros cenários de utilização, não só a nível do entretenimento pessoal, mas também na educação e a nível profissional.

A associação nacional de veículos motorizados Austríaca, em parceria com a Samsung, apresentou recentemente um projecto de realidade virtual que tem por objectivo treinar os futuros condutores usando realidade virtual. Este sistema apresenta desde logo uma grande vantagem face ao método de instrução tradicional, pois possibilita a simulação de cenários que não seriam exequíveis no mundo real. Ao serem realizados no sistema de realidade virtual, os testes não colocam em risco a integridade de pessoas e veículos.

Os estudos apresentados não deixam margem para dúvidas: 76% dos condutores que utilizam o smarpthone enquanto conduzem não foram capazes de evitar acidentes. Este facto não é propriamente novidade, mas as campanhas contra este comportamento têm pouca eficácia. Ao poder simular estas situações, por certo que o impacto de uma colisão poderá sensibilizar muito mais os condutores para os perigos de conduzir distrarídos. Se atendermos à qualidade das produções cinematográficas, não será difícil disponibilizar conteúdos realistas, que facilmente irão impressionar quem os visualize.

... Tudo o que contribuir para reduzir os acidentes na estrada será sempre bem vindo, mesmo que seja por meios virtuais.


Por: Luis Costa

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]