2017/02/26

As novidades do HDMI 2.1


A chegada do Ultra HD e resoluções sempre crescentes têm obrigado que as ligações entre dispositivos e monitores/televisores também se adaptem às exigências crescentes, e daí a chegada do HDMI 2.1, que permitirá resoluções até 10K entre outras coisas.

O Ultra HD 4K já pode ser considerado uma "banalidade" actualmente, e com monitores 8K prestes a chegarem ao mercado o HDMI 2.1 não baixa as expectativas permitindo resoluções de até 10K, em HDR, e frame rates de até 120Hz!

Outro aspecto que será bastante positivo para as consolas de jogos (e computadores) que usem HDMI 2.1, é que passamos a ter suporte para refresh rate variável, o que é equivalente ao G-SYNC proprietário da Nvidia, ou o FreeSync da AMD. Vai ser algo que esperamos ver posto em bom uso pelas próximas consolas que suportarem (a sério) resoluções 4K.

O HDR também vai ter melhorias, podendo ser ajustado dinamicamente frame a frame, ao estilo do que o Dolby Vision HDR permite fazer, mas fazendo-o de forma standard mesmo para quem não esteja disposto a pagar a "taxa Dolby". E no som, passamos a ter a possibilidade de ter canais de som por objectos diferenciados com as suas coordenadas no espaço 3D, em vez de ter apenas um número fixo de canais pré-misturados.

Enfim muitas vantagens... mas precisaremos de novos monitores, placas gráficas, e até cabos, para tirar partido de tudo isto. Felizmente, não precisam ir a correr para as lojas, pois os primeiros produtos HDMI 2.1 (com todas as capacidades anunciadas) só deverão começar a chegar ao mercado no próximo ano.

1 comentário:

  1. Nice, mas isso não vai funcionários também sobre cabos USB-C?

    ResponderEliminar

[pub]