2017/03/30

8 novidades do Galaxy S8


A Samsung já apresentou o seu Galaxy S8, com preços a começar nos 820 euros, e embora já muito fosse conhecido, há sempre alguns pormenores que importa destacar.


Design

Se o Galaxy S7 já foi um campeão de vendas e era fácil perceber a atracção pelo modelo Edge, no Galaxy S8 e S8+ a factor do design ganha ainda mais capacidade de atracção, com o seu ecrã que domina ainda mais a parte frontal e ausência de botão frontal que o torna bastante mais apelativo (pelo lado negativo, isto significa que a parte traseira fica mais "atravancada" com o sensor de impressões digitais colocado ao lado da câmara, mas esse é um aspecto que poderá não ser tão problemático quanto se pensaria - como veremos mais à frente.)




Interface melhorada

O Galaxy S8 diz finalmente o adeus aos botões físicos, e isso significa adoptar os botões virtuais, que aqui nem sequer roubam demasiado espaço ao ecrã por este ter um formato bastante mais esticado que o normal, em formato 18.5:9.




Infinity Display

A Samsung chama ao impressionante ecrã do Galaxy S8 "Infinity Display", e o seu formato permite ver bastante mais conteúdo do que o seu antecessor - o que também facilita a utilização de apps em modo multitasking lado a lado. Para além disso, temos suporte para HDR, e o ecrã é protegido por vidro Gorilla Glass 5 da Corning. Depois das acusações de que o Gorilla Glass andava a perder qualidades, vai ser interessante ver que tal este S8 resiste aos riscos...




A câmara

Quando se esperava que a Samsung guardasse um trunfo na parte da câmara, eis que nos surpreende ao optar pela mesma câmara já utilizada no S7. Não que isso seja mau, considerando que o S7 tinha uma das melhores câmaras alguma vez utilizadas num smartphone; e que neste S8 vem acompanhada por melhoramentos a nível do software e maior velocidade de operação.

No lado da frente temos uma câmara com auto-focus, que ajuda na parte da segurança de que falaremos mais à frente.




O assistente Bixby

A Samsung deposita grandes esperanças no Bixby (ao ponto de lhe atribuir um botão físico dedicado), e que conta com vários modos de funcionamento, tanto para pesquisas por voz como por reconhecimento de imagens. Em vez de simples perguntas, o Bixby pode controlar o funcionamento das apps, mas só daquelas que estiverem preparadas para isso (o que neste momento se resume a algumas das apps da própria Samsung.) Vamos ver se a Samsung tem capacidade para fazer com que outros developers se dêem ao trabalho de integrar o Bixby nas suas apps... ou se será um assistente que ficará limitado ao ecossistema Samsung.




Samsung DeX - o S8 como "PC"

Outra das partes interessantes do S8 é a possibilidade do mesmo funcionar como "PC" ligando-o a um monitor e teclado com o DeX. A ideia é boa, mas a implementação depende bastante da forma como as apps lidam com o funcionamento em ecrã grande (ou seja, umas trabalham bem, mas a maioria nem por isso). Claro que nada nos impede de usar um acesso remoto ou virtualização para termos acesso a um sistema operativo desktop... mas isso já podíamos fazer com qualquer outro smartphone.




Autenticação biométrica

A Samsung há muito que tem investido em formas alternativas de autenticação (para além das impressões digitais), e no S8 para além do reconhecimento da íris - como se tinha no malfadado Note 7 - temos um novo sistema de reconhecimento facial que tem surpreendido pela positiva.

Em vez de necessitar que se olhe fixamente para o smartphone como no reconhecimento da íris, este reconhecimento facial funciona de forma praticamente imediata e pode tornar-se numa excelente forma de minimizar a dependência no sensor de impressões digitais que agora está na parte traseira.




Samsung Connect

É uma incógnita porque motivo a Samsung não tem apostado no sector das casas inteligentes há mais tempo, mas com a aquisição da SmartThings parece que finalmente começa a levar este sector mais a sério. Com o Samsung Connect incluído no Galaxy S8, os utilizadores terão um ponto central de acesso e controlo a todos os dispositivos compatíveis, incluindo a possibilidade de definir diferentes cenários e regras para cada dispositivo.

... Ainda não é desta que a Samsung incluiu capacidade ZigBee directamente num smartphone... mas é um bom passo nesse sentido.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]