2017/03/15

Chrome 57 vai começar a limitar CPU usado por tabs em background


São daquelas pessoas que usam as tabs do Chrome como um género de "lembretes", acumulando dezenas e dezenas de páginas, e sentindo que o computador se ressente dessa carga? Com o Chrome 57 o peso será menor, pois o browser da Google começará a limitar o uso do CPU por tabs em background.

Hoje em dia são muitas as páginas que continuamente usam o processador, e quando isso se multiplica por 40, 50 ou 60 páginas abertas, o efeito começa a fazer-se sentir (normalmente acompanhado por um aumentar da velocidade da ventoinha do portátil). Com o Chrome 57 esse tipo de abusos fica mais controlado com um novo sistema que limita a utilização do CPU por tabs em background.

Cada tab em background passa a ter um limite de utilização do CPU de que pode desfrutar (cerca de 1% de um core do CPU), e que entra em vigor assim que a página fica mais de 10 segundos em background. O efeito prático é uma redução da carga do CPU para tabs "abusivas", resultando em menor consumo e menor utilização de recursos, que poderão ser utilizados onde realmente importam.

No entanto, há algumas excepções. Páginas que estejam a tocar áudio ou a usar comunicações em tempo real (como WebRTC ou WebSockets) não serão limitadas. Isto permitirá que continuem a ouvir música no YouTube numa tab que está escondida, ou a usar o Hangouts ou outros serviços de comunicação sem receio de lentidão apenas por não estarem com a tab activa.

1 comentário:

  1. Já dei por mim e páginas com caixas de comentários disqus começam a actualizar informações e também sites com muitos anúncios que devem ficar em cache, dou por mim e tenho duas tabs a gastar 1,5gb cada de ram

    ResponderEliminar

[pub]