2017/04/16

Apple recebe autorização para testar carros autónomos na Califórnia


Depois dos muitos rumores sobre o projecto automóvel da Apple, eis que finalmente surge algo concreto, com a marca de Cupertino a ter obtido as devidas autorizações para testar carros autónomos nas estradas da Califórnia.

Há muito que se fala do interesse da Apple nos carros autónomos (o Project Titan) mas o projecto parecia ter mudado radicalmente de direcção o ano passado, quando se descobriu que afinal a intenção da Apple poderia centrar-se apenas no desenvolvimento de software para condução autónoma e não num automóvel propriamente dito - coisa que ganhou credibilidade com o despedimento e transferência de centenas de pessoas deste projecto para outros.

Segundo as últimas informações, a Apple estaria numa fase em que os responsáveis do projecto têm que demonstrar a viabilidade do mesmo ou arriscarem-se a ter igual tratamento, e poderá ser por isso que finalmente a Apple vem para a estrada.

Não se espere no entanto ver carros "Apple" a circular nas estradas, pois os automóveis de teste que a Apple irá utilizar se limitam a três Lexus RX 450h de 2015. E uma vez que todos os fabricantes que fazem estes testes são obrigados a fornecer relatórios sobre o comportamento dos seus veículos, em breve sabermos em que patamar a Apple se encontrará face aos concorrentes que também se incluem neste sector, desde a Google à Uber, passando pelos próprios fabricantes de automóveis.


Embora por agora todas as atenções se centrem sobre as capacidades dos carros em se conduzirem sozinhos, penso que a verdadeira revolução será feita ao nível de um sistema de gestão automática das frotas de veículos, e que permita maximizar a eficiência de circulação em larga escala nas cidades... Lá chegaremos!

3 comentários:

  1. Vou-vos contar uma história, que não acharão interesse nenhum mas enfim.
    Fomos convidados para um casamento lá para os cafundós do Alentejo e ia com os meus sogros no mesmo carro.
    Como são assim para o desregrado em comes e bebes, eu disse "tá bem, mas para cá não venho a conduzir"
    - Diz o meus sogro: "Não há problema, eu conduzo"
    - Diz a minha mulher: "Eu não bebo, trago o carro".
    Fiquei descansado, comi e bebi à fartazana.
    Chegou-se a hora da volta:
    - O meu sogro: "Ai, eu vejo tão mal de noite ..."
    - Diz a minha mulher: Ai, eu tou tão mal disposta ..."
    Bom, e eu, que estava para lá de combalido, mas confio mais em mim combalido que nos outros a beber água, lá vim a conduzir, mas é verdade que não vinha em bom estado.
    Aí estava uma ocasião para usar um carro autónomo. A questão é que não encontro muitas mais vezes para usar um. Enfim, entre pessoas que veem mal, estão mal fisicamente ou estão velhos, ou que fazem viagens muito longas, ou que gostavam de ir a dormir até ao trabalho, é capaz de haver muitas situações em que os carros autónomos tenham saída. Depende é do preço ... e do seguro dum carro desses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não estaria preocupado com o seguro de um carro autónomo, porque deverá ter menos acidentes que um normal.

      Eu estou é preocupado com o seguro de um carro conduzido por humanos, que vai ser cada vez mais caro, porque haverá muito mais risco.

      Eliminar
  2. Já vi tantas notícias e desmentidos sobre carros da Apple, que já só acredito quando vir.

    ResponderEliminar

[pub]