2017/04/18

Google prestes a entrar no mercado de empregos com o Google Hire


Os tentáculos da Google já se espalham por tantas áreas, que a surpresa pela sua entrada no mercado de procura de empregos será mais pelo facto de não o ter feito mais cedo.

O Google Hire ainda não está funcional mas revela que a Google também quer ser uma alternativa ao LinkedIn e ao recente serviço de procura de empregos lançado pelo Facebook, para além de todos os outros serviços já estabelecidos no mercado.

Do lado da Google, a única explicação até ao momento refere que este serviço se destina aos clientes do G Suite para que possam optimizar todo o processo de procura de colaboradores e a sua gestão. Com todo o tipo de dados a que a Google tem acesso, sem dúvida que se pode imaginar que o processo de "matchmaking" seja bastante eficiente - mas a Google também faz questão de realçar que não partilhará qualquer dado privado (algo que me parece um pouco estranho, uma vez que grande parte dos CV enviados pelos utilizadores para potenciais empregadores contém dados privados, e seria de esperar que um serviço como este Google Hire fizesse, no mínimo, o mesmo.)

Até prova em contrária, penso que o maior risco deste Google Hire não será vir a tornar obsoletos os serviços de procura/oferta de emprego já existentes... mas sim o de ser mais um serviço que daqui por algum tempo venha a juntar a todos os defuntos serviços já encerrados pela Google (e deixar abandonados aqueles que decidiram confiar nele).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]