2017/05/15

COBOL é nova oportunidade para programadores "reformados"


A linguagem de programação COBOL é uma das mais antigas mas ainda é usada em inúmeros sistemas críticos no sector bancário e outros. Com dificuldade em encontrarem novos programadores que a dominem, a oportunidade tem sido aproveitada por programadores veteranos que encontram um novo sector onde aplicar os seus conhecimentos.

Nem sempre é fácil lembrarmos-nos de que a era da informática já começou há mais de meio século e, mais estranhamente, que nem todos os sectores se têm movido à velocidade acelerada a que hoje isso é associado. Um desses exemplos é a linguagem de programação COBOL, criada em 1959, e que ainda hoje é responsável por manter o bom funcionamento de inúmeros serviços bancários por todo o mundo.

O problema é que as novas gerações de programadores não estão muito interessadas em aprender uma linguagem com mais de meio século, complicando a vida a todas as empresas que precisam de manter os seus sistemas em funcionamento. Mas, como sempre, as dificuldades de uns são as oportunidades de outros, e são muitos os programadores veteranos que aqui encontram uma nova oportunidade de darem uso aos seus talentos que poderiam parecer obsoletos.

Melhor ainda, como estes sistemas em COBOL que vão resistindo à passagem das décadas são muitas vezes de importância crítica, a falta de opções faz com que as empresas estejam dispostas a pagar "o que for preciso" para os manterem em funcionamento; sendo que qualquer processo de transição dessa infraestrutura para linguagens mais modernas é algo que seria ainda mais complicado e dispendioso.

Se sabem COBOL, eis que poderão querer tirar o pó às velhas folhas de programação com a marcação das colunas, e voltar a colocar o vosso conhecimento à disposição do mercado... :)

10 comentários:

  1. Qual o paradigma de programação a linguagem COBOL se encaixa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NA original era basicamente... "tudo a monte". Nas actualizações que foi sofrendo já permite fazer programação mais estruturada e por objectos (embora para esse fim mais se recomende usar uma linguagem mais moderna).

      Eliminar
  2. É a denominda POCS - Programação Orientada por Código Spaghetti.

    ResponderEliminar
  3. Aproveitando o tema: e o BASIC? Ainda é "vivo"? Foi a única linguagem de programação em que mexi... :-)

    ResponderEliminar
  4. Trabalho com Cobol, natural e JCL dês de que me formei a 6 anos não vi dificuldade agora falar que o programador vem sendo bem remunerado isso não é verdade. Tirando 1 em 10 programadores pode receber bem.

    ResponderEliminar
  5. Também me diziam o mesmo na faculdade, enquanto tinha uma cadeira de AS400 - "Se dominares isto, podes ganhar muito €"! Hoje em dia conheço vários profissionais que são ex-programdores de AS400 e não voltam.

    ResponderEliminar
  6. Há uns 20 anos atrás quando estudei programação já os meus profs diziam a mesma coisa

    ResponderEliminar
  7. Mito total sobre ser um bom mercado. Inclusive eu vi vagas onde contratam estagiários e nível Junior... Para pagarem menos....

    ResponderEliminar
  8. Estou no mercado de trabalho em buca de uma nova oportunidade, trabalhou com Cobol a mais de 5 anos minha ultima empresa foi a Capgemini em janeiro de 2017 com o cargo de Analista de Sistema Pleno. Se alguem souber de qualquer oportunidade , por favor me avisem.
    Email: brsimoes10@gmail.com tel :94005-1551

    ResponderEliminar

[pub]