2017/05/04

Funcionários do senado dos EUA usam cartões com foto do chip em vez de chip real


Os cartões com chip são uma dos sistemas mais populares de segurança (confiamos neles para levantar dinheiro e fazer compras) mas no Senado norte-americano, os cartões de identificação dos funcionários recorrem a uma táctica algo estranha: não têm chip, mas têm uma foto do chip!

Sem dúvida que a persuasão, mesmo que recorrendo a artifícios de segurança, por vezes funciona - como se pode comprovar pela aplicação de câmaras de segurança falsa, ou até pelos postos de controlo de velocidade que temos nas nossas estradas, que podem ter (ou não) o sistema de radar e câmaras, fazendo com que ninguém queira arriscar a levar uma multa.

Mas quando se trata de um cartão de identificação, não há nenhum factor de dissuasão envolvido; o que se quer é um cartão que permita identificar uma pessoa com segurança, tal como acontece com um cartão bancário, e onde se dependeria do dito chip que equipa a maioria dos cartões modernos para o fazer. A não utilização de um cartão com chip já seria uma enorme falha de segurança, mas o caso assume contornos mais ridículos quando se considera que alguém se terá dado ao trabalho de simular a presença do chip imprimindo uma imagem do mesmo nestes cartões de identificação do Senado.

... Talvez o próximo passo passe por imprimir o nome de utilizador e password directamente no cartão, que assim será garantido que cada pessoa não se esquecerá dos mesmos? Já agora que os bancos aprendam com eles e também passem a imprimir o código PIN nos cartões bancários, não?

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]