2017/05/25

Samsung anuncia chips de 4nm para 2020


A Samsung já revelou os seus planos quanto à tecnologia de fabrico de chips para os próximos anos, revelando a ambiciosa meta de produzir chips de 4nm já no início da próxima década.

Desde a criação dos primeiros circuitos integrados que a melhoria dos processos de fabrico e a sua miniaturização não tem parado, tendo progressivamente superado todas as barreiras que se pensariam "intransponíveis", e agora aproximando-se do tamanho dos próprios átomos.

Para referência, chips como os mais recentes CPUs Kaby Lake da Intel usam um processo de fabrico de 14nm; e o Exynos 8895 da Samsung já é feito com tecnologia de 10nm. Mas para os próximos anos a Samsung anuncia a capacidade de produzir chips com processos de fabrico de 8nm, 7mn, 6nm, 5nm e também 4nm! Para se ter uma ideia do que é esta escala, estamos a falar de transístores que terão o tamanho aproximado de 8 átomos.

Estes chips serão bastante mais pequenos que os actuais (ou permitir chips muito mais complexos na mesma área) e eficientes; e quem sabe... até poderão vir a permitir que os nossos smartphones comecem a ter autonomia para vários dias - se nessa altura ainda não se tiverem tornado obsoletos e andar tudo com óculos de realidade aumentada na cabeça. :)

Actualização: a IBM já mostrou os seus chips de 5nm.

2 comentários:

  1. Segundo já li algures, a barreira dos menos de 9 átomos é muito critica, uma vez que não havia forma de bloquear a passagem de corrente eléctrica entre o emissor e o colector. Suponho que a Samsung conseguiu contornar esse fenómeno. É também por causa deste fenómeno que o grafeno é considerado um "super-sucessor" da sílica. Segundo também li algures, o grafeno teoricamente permite separar o colector do emissor com apenas 1 atomo de distancia. Agora é só imaginar que a massa atómica do carbono é apenas de 4 e da sílica é 14, 3,5 vezes menos. Logo, se não me falhar os cálculos, estamos a falar de uma tecnologia de cerca de 0,72nm. Acho que é por isto que o grafeno é o verdadeiro santo graal. Até lá vamos nos 10nm. Alguém que me reveja as contas por favor!

    ResponderEliminar
  2. A IBM já chegou aos 5nm, ou seja, está na fronteira dos 9 átomos. A partir daqui é que as coisas se vão complicar.

    ResponderEliminar

[pub]