2017/06/24

32TB de Windows 10 de testes revelados na internet


O Windows não é um sistema operativo open-source, mas descobrir o seu funcionamento interno tornou-se um pouco mais fácil devido a um mega-leak de 32TB de dados que incluem diversas versões internas de testes assim como o código fonte de várias secções.

Esta informação do Windows 10 foi revelada no Beta Archive, e parece dizer respeito à versão "Creators Update" que foi lançada este ano. Lá podemos encontrar diversas versões de testes do Windows 10, incluindo versões destinadas a chips ARM, assim como ferramentas para criar os sistemas Windows para smartphones.

De maior interesse para hackers e atacantes, será o facto de por lá estarem também partes do código fonte relacionadas com o sistema Play-and-Play, USB, WiFi, etc. Código que se tornará valioso para facilitar a descoberta de vulnerabilidades que possam ser exploradas em ataques futuros. Aliás, vários dos Windows 10 incluídos neste pacote são versões de debug que facilitam o processo de perceber como o Windows funciona internamente e que também serão de muita mais fácil análise do que as versões normalmente disponibilizadas no mercado.

Vai ser interessante ver como a MS irá reagir ao longo dos próximos meses, a potenciais ataques que tirem partido desta informação que foi inadvertidamente revelada... E que demonstra que nem os gigantes informáticos são imunes a erros (já em 2004 parte do código fonte do Windows tinha sido revelado por acidente). Mas antes disso, seria bom ver esclarecido se esta informação que veio a público se deveu a uma infiltração no sistema de desenvolvimento da Microsoft, ou se terá sido informação roubada a algum parceiro ou de qualquer outra origem.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]