2017/06/03

Lunar Orbiter da NASA sobreviveu a impacto de micro-meteorito captado pela sua câmara


A vida no espaço não é nada simples, e o Lunar Orbiter da NASA pode dar-se por feliz por ter sobrevivido a um impacto que poderia ter tido consequências bem mais desagradáveis.

O caso deu-se em 2014 mas só agora foi revelado, e foi detectado por intermédio de interferências captadas pela câmara usada para observar a superfície lunar. Esta câmara linear funciona fazendo um varrimento da superfície enquanto orbita a Lua, mas numa das imagens vê-se um estranho padrão em zigue-zague que indica que algo fez estremecer a câmara.

Se nuns casos isso seria simplesmente descartado como sendo um qualquer acaso, na NASA os cientistas gostam de explorar as coisas minuciosamente, e para isso recorreram aos dados recolhidos durante a fase de testes do Lunar Orbiter, em que o mesmo tinha sido sujeito a diferentes estilos de vibração para comprovar a sua capacidade de resistir ao lançamento. Com base nesses dados, os cientistas determinaram que tipo de objecto teria sido necessário para criar uma interferência daquele tipo, chegando à conclusão que terá sido um micro-meteorito com apenas 0.8mm e uma densidade de 2.7gramas/cm3, e que viajaria a uma velocidade de 7km/s (mais de 25 mil quilómetros por hora).

Felizmente o impacto terá acontecido no radiador da câmara, não tendo tido efeitos adversos (para além da vibração momentânea captada pela câmara). Tivesse este micro-meteorito acertado directamente na câmara... e poderia ter sido o ponto final na missão do Lunar Reconnaissance Orbiter.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]