2017/06/29

Sony volta a fazer discos de vinil


O fascínio pelos discos de vinil tem estado em crescimento, e até a Sony decidiu voltar a produzir discos... 30 anos após ter deixado de o fazer.

Quando em 1989 a Sony deixou de produzir discos de vinil, olhando para os CDs como formato musical para o futuro, certamente não imaginara ter que voltar atrás nesta decisão. Mas o que é certo é que depois dos CDs, MP3, MiniDisc, Super Audio CD e de todos os formatos musicais, a nostalgia dos discos de vinil continua a resistir às décadas, ao ponto da Sony reactivar a produção desta velha tecnologia e voltar a fabricar discos de vinil a partir de Março do próximo ano.

Actualmente no Japão existe apenas um fabricante de discos de vinil, a Toyokasei, que tem tido enorme dificuldade para satisfazer a procura crescente; e várias outras marcas históricas - como a Technics - têm aderido à moda, (re)lançando alguns dos seus gira-discos icónicos, bem conhecidos dos pais e avós das gerações mais recentes. Aliás, alguns deles até poderão ter oportunidade de emprego, já que a Sony tem estado a procurar engenheiros desse tempo, com experiência na "arte perdida" de fazer discos em vinil.

Mesmo não trocando os formatos digitais por estas velhas relíquias, também eu confesso que me sinto atraído pela maior "fisicalidade" de um disco de vinil, que manuseamos com cuidado e que vemos a girar em frente aos nossos olhos - e que sem dúvida que será uma experiência ainda mais marcante para gerações que estão habituadas a que a música seja algo digital e puramente virtual.

... E já nem falo daqueles fantásticos mecanismos de alguns gira-discos (como o que o meu pai tem) e que permitiam empilhar três ou quatro discos, e que os iam deixando cair automaticamente para se ouvir música sequencialmente durante horas sem necessidade de lá irmos "trocar o disco". :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]