2017/08/12

Carros eléctricos podem render €1200/ano na Dinamarca


Quem compra um carro eléctrico espera poupar dinheiro, mas na Dinamarca até poderá usá-lo para ganhar dinheiro, se estiver disposto a devolver electricidade à rede eléctrica nos períodos de maior procura.

A transição para os veículos eléctricos não vai apenas mudar a forma como abastecemos os nossos automóveis; vai também obrigar a remodelar toda a rede de distribuição de energia, e ao mesmo tempo (espera-se) tirar proveito das vantagens de uma rede literalmente muito mais distribuída.

Se assumirmos milhões de carros na estrada, estamos também a falar de milhões de baterias com capacidades significativas, que poderão ser usadas em caso de necessidade para apoiar as necessidades da rede de forma praticamente instantânea. Isso já está a ser feito na Dinamarca, onde um carro eléctrico que se ligue a um posto de carregamento bi-direccional poderá vender electricidade caso a rede precise.

A ideia será ter o carro a carregar durante o período em que a energia é produzida em excesso e é mais barata, para depois a vender quando é mais cara. É o tipo de coisa que poderá não só ser feita pelas baterias dos carros eléctricos, mas também com as baterias nas casas (assumindo que cada vez mais pessoas optam por painéis solares e baterias).

... É todo um novo mundo de oportunidades à espera de ser explorado. :)

4 comentários:

  1. Falta apenas dizer que é tecnologia Portuguesa.
    Criada em Aveiro e enviada para o resto da Europa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes por favor colocar a fonte dessa tecnologia Portuguesa. Gostaria de ler mais sobre este assunto. Obrigado.

      Eliminar
  2. E será que esses ganhos vão compensar o desgaste mais rápido da vida útil das baterias ao acelerar os ciclos de carga/descarga!?

    ResponderEliminar
  3. Para quando esta tecnologia em Portugal? E estas oportunidades? Só assim se justificaria o investimento num carro eléctrico!

    ResponderEliminar

[pub]