2017/09/03

Funcionários do Instagram cobram milhares de euros por contas verificadas


Ter uma conta verificada no Instagram, acompanhada por um visto que (à partida) lhe garante legitimidade é algo que alguns funcionários estão a usar para ganhar muitos milhares de dólares extra por mês.

Vista como um símbolo de status, ou meramente para legitimamente comprovar a autenticidade de que a contar pertence a quem diz pertencer, a identificação de uma conta verificada no Instagram é algo que não pode ser requisitado pelos utilizadores - ao contrário do que acontece no Facebook e Twitter - e que por isso mesmo acabou por dar origem a todo um lucrativo mercado negro de "verificações".

Há quem venda a obtenção destes desejados vistos de verificação por meios não oficiais, e que já se parece ter tornado numa fonte de rendimento substancial para alguns dos funcionários envolvidos neste esquema, já que o preço a pagar pode ser de mais de 1000 dólares por cada conta verificada (por vezes bastante mais, já que depois todos os intermediários nesta cadeira de influências adicionam a sua comissão).

Ainda assim, nem todos os que desejam ficar com a conta verificada podem ter o seu desejo concretizado, pois continua a ser necessário que a conta seja considerada suficientemente de interesse para merecer esse comprovativo (e o respectivo utilizador ou empresa continua a ter que enviar documentos que comprovem a sua identidade - o que também os deixará expostos no caso da pessoa em causa vier a ser apanhada e o Instagram decidir revogar todas as aprovações que tiver feito.)

... Melhor será talvez investirem o preço que é pedido por uma destas verificações... em Bitcoin! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]