2017/09/24

MEO cobra roaming em Palma de Maiorca


O fim do roaming na Europa veio libertar os europeus da preocupação com contas acidentais exageradas, ou pelo menos assim se pensava: já que o MEO considera que Palma de Maiorca não faz parte de Espanha e cobra roaming de "zona 4".

O relato chega de um cliente que, pensando ter escolhido o destino para umas férias descansadas, foi surpreendido - meras 4 horas após ter chegado a Palma de Maiorca - com uma mensagem do MEO a informar que devia 180 euros de comunicações em roaming e que tinha 6 horas para efectuar o pagamento, ou ficaria com o serviço suspenso.

Apressando-se a contactar o serviço de clientes do MEO, descobriu que apesar do operador reconhecer que Palma de Maiorca "ser Espanha", não considerava a região como integrando as zonas de roaming gratuito na Europa, sendo taxada com roaming de zona 4. Uma situação no mínimo estranha, já que no próprio site do MEO uma pesquisa à cobertura do roaming apenas permite ver que Espanha se integra no roaming gratuito Europeu, não havendo qualquer referência a "excepções" quanto a Palma de Maiorca; e que tanto a Vodafone como a NOS também tratam Palma de Maiorca como Espanha, contando igualmente com o roaming gratuito.

Como seria de esperar, o cliente já fez as devidas reclamações, restando agora esperar pela resposta do operador... ou eventualmente, que a Anacom também se digne a averiguar porque motivo o MEO quer desagregar Palma de Maiorca de Espanha. Acho que o Governo Espanhol não estará com muita vontade de saber que um operador português já se adiantou ao desejo de independência da Catalunha (e ao Brexit) e que considera que Palma de Maiorca também já não pertence à UE... :P

5 comentários:

  1. Uma situação completamente ridícula! Estive à cerca de 3 semanas em Palma de Maiorca, sou cliente Meo e tive comunicações gratuitas. Essa história está mal contada ou pelo menos incompleta. Se devia 180 euros em comunicações em roaming é porque é de uma conta passada e não propriamente da curta estadia em Palma!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se usou dados móveis em "zona 4" rapidamente se atingem valores de 180 euros. mas de facto também me parece ser um caso isolado, e que acredito que o MEO devolva o valor ao cliente

      Eliminar
  2. Já dizia um famoso futebolista que a Madeira não era Portugal, então...

    ResponderEliminar
  3. Isto está mal contado. Sou MEO e estive em Palma, não paguei nada

    Mulheres a inventar forte e feio..

    ResponderEliminar
  4. Estive em Sevilha há umas semanas e paguei uma taxa diária associada ao Roaming. Assim que cheguei, contactei a MEO e admitiram de imediato que se tratava de um erro devolvendo o valor da taxa. Não fui o único neste viagem a quem isto aconteceu.

    ResponderEliminar

[pub]