2017/10/25

Plano de troca de iPhones da Apple obriga clientes a serem videntes


A maioria das pessoas ignora deliberadamente os termos e condições de um serviço, limitando-se a dizer que "aceita"... mas no caso de quem pretender aderir ao plano de troca de iPhones da Apple isso acaba por ser um requisito obrigatório.

Embora por cá algumas empresas estejam a tentar replicar o conceito de vender iPhones como um serviço com direito a troca por um novo iPhone a cada ano, nos EUA é a própria Apple que disponibiliza um plano de trocas oficial que se pode revelar compensador para quem: 1) já tenha por hábito comprar um novo iPhone a cada ano e; 2) não se queira preocupar com a questão da venda do iPhone para amortizar a compra do seguinte.

A questão é que quem quiser aderir a este plano depressa se depara com uma situação curiosa: numa das secções que é necessário aceitar para prosseguir com o processo os clientes são obrigados a aceitar as condições que só serão apresentadas na página seguinte! Ora, se é certo que a maioria das pessoas se limitará a aceitar aquilo sem sequer ler, as que quiserem saber aquilo que estão a aceitar ficam numa posição... caricata.

... Já estou a imaginar que seja apenas uma questão de tempo até que esta táctica seja apanhada pelas empresas nacionais, e em breve se possam ter fantásticos processos de adesão em que os clientes sejam obrigados a aceitar o pagamento de uma conta cujo valor total só lhes será apresentado depois de aceitarem pagá-la. E já agora, que tal aplicar também isso ao preço dos produtos nas lojas e hipermercados? Em vez de termos um preço afixado, temos apenas uma checkbox a dizer que aceitamos o preço que nos será apresentado à saída... Olha que maravilha!

3 comentários:

  1. Mas será q somos mesmo obrigados a pagar só porq aceitámos antes ??? E tal coisa poderá ser legal ??? Francamente, penso que ainda não chegámos a esse ponto de total de imbecilidade!

    ResponderEliminar
  2. Não estou a entender! Não é isso que Apple faz a todos os seus produtos? Eles não precisam de divulgar o preço não faltará sempre quem aceite "pagar o preço que lhe apresentem à saída".

    ResponderEliminar

[pub]