2017/11/26

A era do jailbreak no iOS chega ao fim?


Em tempo considerado indispensável por todos os que quisessem ter acesso a funcionalidades que faltavam no iOS, o jailbreak parece ter caído em desuso, ao ponto de dois dos três maiores repositórios da Cydia - o ModMy e o ZodTTD/MacCiti - terem encerrado.

Até custa relembrar os tempos iniciais do iPhone, que nasceu sem sequer ter a possibilidade de adicionar novas apps. Foi precisamente a comunidade de entusiastas que desde logo começou a salivar perante as potencialidade de expandir as funções daquele smartphone com recurso a apps de terceiros; e ao longo dos anos foi também no jailbreak que surgiram muitas das novidades - do multitasking ao control center - que lentamente, lá foram sendo implementadas no iOS (lembram-se de quantos ano se esteve à espera do copy-paste)?

As opiniões divergem quanto a este aparente desinteresse pelo jailbreak no iOS, sendo que de um lado temos aqueles que acreditam que o jailbreak já não se justifique por no iOS termos de origem acesso às funcionalidades que, para grande número de utilizadores, justificavam o recurso ao jailbreak; mas por outro lado, há quem diga que este desinteresse se deve unicamente à falta de vulnerabilidades (publicamente conhecidas) que permitam fazer o jailbreak nas versões mais recentes do iOS - e que, caso sejam descobertas, mais facilmente poderão render centenas de milhares de dólares no mercado das falhas de segurança.

A proliferação dos jogos e apps freemium também terá seguramente contribuído para que se reduzisse o interesse a nível de apps e jogos pirateados (que também era um dos grandes incentivos do recurso ao jailbreak), pelo que... o mais certo é que tenha sido uma combinação de todos estes factores.

Caso sejam utilizadores de iOS que tenham passado pela fase do jailbreak, como olham para o "fim" desta era?

7 comentários:

  1. No 3, 4 e 5S sempre utilizei JB.
    O copypaste, o simples anexo num email, enviar ficheiros via BT, a possibilidade de uma personalização à lá Android... eram estas "liberdades" que o JB me dava.
    Hoje, e por simples teimosia, só tenho o iPad com JB, mas o meu filho, que tb viveu, e bem, à sua maneira o JB(cof cof... pirata..cof cof), diz que hoje já não sente a necessidade de o ter... mudaram os tempos..., next!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou no meu 3G ter possibilidade de gravar vídeos era só recorrendo ao Jailbreak!

      Eliminar
    2. e depois o android é que é isto e aquilo. dito pelos fãs da maça

      Eliminar
  2. O Jb foi um dos marcos mais importantes e talvez a razão para a grande evolução do que é hoje o iphone. pessoalmente ainda uso porque a quantidade de coisas novas que ainda não tinha descoberto impressionam-me constantemente. Além disso geralmente as modificações que existem disponíveis foram testadas e bem desenvolvidas. A comunidade de suporte também é fantástica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O JB e os tweaks foram importantes para o desenvolvimento do iOS e do Android.

      Durante o período em que os fãs do Android apregoavam "O iOS copiou mais isto ou aquilo do Android" - há que tempos que já havia o tweak :)

      Mas o que tornou desnecessário o jailbreak/tweaks foi mesmo o desenvolvimento do iOS - a Apple, mais tarde ou mais cedo (mais tarde do que cedo) encontrar uma forma melhor/mais simples.

      Eliminar
  3. O meu, durante anos, indispensável jailbreak deve ter terminado com o iOS 6 (2012).

    O jailbreak também mudou desde o iPhone Dev Team. No primeiro jailbreak deles que usei - no fim do processo a vulnerabilidade que tinha sido explorada era corrigida :)

    ResponderEliminar
  4. Eu deixei de fazer jailbreak porque os principais tweaks que adorava deixaram de ser actualizados. Para além disto, nota-se uma falta de qualidade e utilidade nos tweaks a partir do iOS 8. Desisti do jailbreak quando actualizei para o iOS 11, e neste momento perdi o interesse.

    ResponderEliminar

[pub]