2017/11/18

MoviePass permite ir ao cinema todos os dias por $7 por mês

Enquanto os distribuidores de cinema se vão queixando da falta de espectadores, eis um programa que existe nos EUA e que muito gostaria de ver replicado no nosso país: o MoviePass.

O conceito do MoviePass é extremamente simples: os clientes pagam uma mensalidade e podem ir ver qualquer filme, a qualquer altura, em qualquer cinema (dentro dos cinemas que colaboram com esta iniciativa, que são cerca de 91% dos cinemas nos EUA). A melhor parte é que o serviço melhorou recentemente as condições de acesso... e agora volta a tornar a proposta ainda mais irresistível.

Inicialmente o serviço custava entre $15 e $12 por mês, permitindo ver apenas dois filmes por mês, e não teve grande adesão. Em Agosto tudo mudou, com o preço a ter sido reduzido para $10 e o limite de filmes a aumentar substancialmente, para um filme por dia; levando a uma procura imensa por parte de pessoas interessadas. E agora, o negócio pode ser ainda melhor, para os clientes que estiverem dispostos a pagar um ano adiantado, trazendo o preço para cerca de $7 por mês - por 30 (potenciais) idas ao cinema.

Confesso que era daquelas coisas em que nem hesitaria em aderir (nem que tivesse que pagar dois anos adiantados), mas por outro lado também acho estranho porque é que estão a oferecer este desconto quando me parece que o preço normal de $10 por mês já seria bastante apelativo (a empresa nem sequer teve capacidade para lidar com o afluxo de novos clientes quando baixou os preços). Seja como for, é daqueles negócios que espero que se revele economicamente viável e sustentável... e que rapidamente seja replicado no nosso país.

Na verdade até fico admirado como é a NOS ainda não avançou com algo idêntico para os seus cinemas, considerando o número de salas e distribuição que tem pelo país...

Fica a ideia...

10 comentários:

  1. Quando os bilhetes simples custam 6,60 esta ideia por aqui era fantástica.

    ResponderEliminar
  2. Em meados de 2004, cheguei a ter um cartão dos cinemas Alvaláxia (não me lembro se na altura já eram Medeia Millennium) pelo qual pagava 15€ por mês e podia ver 2 sessões por dia. Desde que acabaram com isso, em 2005 ou 2006, nunca vi mais nada do género. Nessa altura era raro o filme que não via no cinema, hoje em dia é raro o filme que vou ver.

    ResponderEliminar
  3. grande ideia mas se chegar a portugal vai ser mal implementado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia não é nova em Portugal.Chegou à uns 10 anos pela mão da Medeia filmes nos cinemas Alvalaxia mas parece que não aguentaram muito tempo. Pagava-se cerca de 15e mês e podíamos ver os filmes que quiséssemos por mês (Max 2 por dia)

      Eliminar
  4. Claro que não vem para cá! Acham que os cinemas que têm cá vão querer perder dinheiro? Se for preciso ainda aumentam mais os preços só para gozarem ainda mais com a nossa cara.

    ResponderEliminar
  5. Acabavam por ganhar dinheiro e muito sobretudo se limitarem a oferta aos dias de menor afluência.

    ResponderEliminar
  6. Há algo similar por terras polacas. Custa cerca de 11 euros

    ResponderEliminar
  7. Pagava na boa o dobro, acho que 6 euros é barato de mais quando isso custo 1 bilhete normal...

    ResponderEliminar
  8. A ZON (agora NOS) tentou fazer isso há uns anos, ou seja, quem tivesse MyZonCsrd poderia ver os filmes que quisesse, mas a Medeia Filmes colocou uma providência cautelar que obrigou a ZON a substituir a campanha por oferecer um bilhete na compra de outro (que ainda se mantém)

    ResponderEliminar

[pub]