2017/12/12

Euforia das Bitcoins está a levar pessoas a fazerem hipotecas


A euforia das Bitcoins continua de vento em popa, e o reconhecimento de Wall Street apenas tem servido para que a "loucura" aumente ainda mais, levando algumas pessoas a fazer apostas bastante arriscadas.

Depois de ter tido o seu momento de fama no final de 2013, quando atingiu pela primeira vez os $1000 e criou milionários improváveis - seguindo de um crash e de vários anos em valores entre os 200 e os 300 dólares - as bitcoins estão novamente na moda, e numa moda que já ultrapassou a barreira dos "geeks" e começa a contagiar o público em geral e também as grandes empresas financeiras. E é fácil perceber porquê: no início do ano cada Bitcoin valia menos de $1000, actualmente volta a aproximar-se dos $19000 (sendo que a maior parte desta subida tem sido feita nos últimos meses.


Há muito que recomendamos que até os meros curiosos comprassem alguns Bitcoins (fracções dele, entenda-se!) seguindo o velho provérbio chinês "a melhor altura para plantar uma árvore era há dez anos atrás; a segundo melhor altura é hoje mesmo". Mas daí a meterem-se em "despesas"... vai uma grande distância.

Nos EUA já há relatos de pessoas que têm usado o limite máximo dos seus cartões de crédito e até hipotecado as suas casas para arranjarem dinheiro para comprar Bitcoins. Obviamente que é uma aposta que pode vir a revelar-se acertada e render "milhões"... mas há que relembrar que também pode correr horrivelmente mal e deixar estas pessoas sem casa e com dívidas que dificilmente conseguirão pagar!

É fácil ficar contagiado pela perspectiva de lucros fáceis e rápidos... mas há que não perder a perspectiva das coisas e estar consciente de que as Bitcoins devem continuar a ser tratadas como um investimento de alto-risco, e que hoje tanto podem ser equivalentes a uma fortuna virtual, como amanhã podem não valer nada. Por isso... a lá colocarem algum dinheiro, que seja dinheiro que, para todos os efeitos, "não vos faça falta".


... Pode deixar-nos com pena se, daqui por uns anos, olharmos para trás e imaginarmos "ai se eu soubesse que isto ia valer 1 milhão, tinha comprado mais".... mas também pode tornar-se num "ainda bem que só lá meti uns poucos euros... senão estava a viver debaixo da ponte"!

9 comentários:

  1. eu nao precebo nada de bitcoins mas sera que vai subir muito mais?? tipo chegar aos 50 ou 100mil nos proximos tempos?
    crescer da maneira que esta a crescer nao sera um alvo a abater?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uns dizem que sobe até aos 100 mil, outros dizem 500 mil, outros dizem 1 milhão, outros dizem que arrebenta e cai para os 1000, outros para o zero...
      Por isso, há previsões para todos os gostos... qual delas é que acertará... isso é que seria bom saber. :)

      Eliminar
    2. É impossível saber, tanto pode ir para os 50 mil como cair para 500 euros. A recompensa é grande mas também o risco. É possível que ainda suba um pouco mais mas quase de certeza que vai acontecer uma correcção nos próximos tempos. Não façam créditos para comprar bitcoins, usem apenas poupanças que tenham de lado e que, caso as coisas corram mal, não vos faça falta para sobreviver.

      Eliminar
  2. Outro assunto, por acaso alguém sabe qual é afinal a posição oficial das Finanças em Portugal sobre as criptodivisas? Umas fontes dizem que os ganhos têm de ser declarados enquanto outras dizem que não porque ainda não existe enquadramento legal. Enfim, estou para ver como vou explicar à senhora das finanças o que é o Bitcoin ou o Ethereum...

    ResponderEliminar
  3. deixem la os créditos... se funcionar sao os maiores se falhar estao no fundo do poço.
    eu nem 20mil tenho no banco quanto mais ter de parte e mesmo que tivese 20mil para gastar nao sei se apostava. ha uns anos atras isso ja era outra conversa hahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ''ha uns anos atras isso ja era outra conversa'' é fácil dizer isso agora. Daqui a uns anos o Bitcoin pode valer muito mais e voltas a dizer o mesmo (como pode não valer nada obviamente).

      Eliminar
  4. pois é como tudo na vida garantido so a morte.

    ResponderEliminar

[pub]