2017/12/06

Microsoft lança PCs ARM com Windows 10


Depois da desastrosa experiência com o Windows RT, a Microsoft volta à carga com um Windows 10 para computadores ARM, mas desta vez prometendo compatibilidade completa com o software tradicional.

A Microsoft tem visto o interesse (e dependência) no seu Windows a cair desde que o Android e iOS ganharam popularidade, com muitos utilizadores a constatarem que, para aquilo que precisam, os smartphones e tablets chegam perfeitamente. É por isso natural que a MS também queira estar presente nesse segmento de computadores e tablets de mais baixo custo e com autonomias de "fazer esquecer" os carregamentos... e daí estes novos PCs ARM com Windows 10.


Mais leves, sem ventoinhas, e com autonomia para o dia completo, esta segunda ofensiva da Microsoft nos ARM tenta não cometer os erros do passado (do Windows RT), prometendo um Windows 10 completo capaz de fazer praticamente tudo o que se faz num computador Windows 10 com CPUs Intel ou AMD.

Muitos destes novos PCs ARM virão equipados comWindows 10 S, que só corre apps da Windows Store, mas os utilizadores terão a possibilidade de fazer o upgrade (gratuito - por agora) para o Windows 10 Pro, e nesse caso ter acesso a correr todo o tipo de programas que desejem (por agora limitados a programas de 32 bits), com recurso a um misto de emulação e de DLLs que a MS recompilou para ARM.

A grande questão será saber se estas máquinas ARM poderão competir com as máquinas Intel, ou até mesmo com os modestos CPUs Atom que também equipam muitos portáteis económicos. Pois uma coisa é correr um sistema "levezinho" e que nasceu para ser executado nestes processadores, e outra é correr um sistema Windows 10 que, por muito optimizado que tenha sido, continua a ter o pressuposto de correr em hardware bastante mais potente...

No mínimo irá ser interessante, por permitir uma comparação directa entre CPUs como o Snapdragon 835 e chips da Intel e AMD, para ver que tal se comparam a correr Windows 10.


2 comentários:

  1. Adorava ver uma comparação entre estes computadores e um Intel core m, pois não me parece que um s835 ganhe nesta comparação nem sequer no requisito de consumo de energia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É ir passando pelo cpuboss.com e verificar quando é que estes novos processadores são adicionados para consultar os comparativos.

      Eliminar

[pub]