2010/04/13

Microsoft Kin

O evento da Microsoft sobre o seu projecto Pink revelou dois novos modelos (o Turtle e o Pure) que são agora chamados Kin 1 e Kin 2.


Utilizam um novo interface ao estilo Zune (nada do novo Windows Phone 7) baseado em silverlight, e são vocacionados para o público jovem sedento das redes sociais.




Pessoalmente, embora aprecie a inovação que a Microsoft tem apresentado nestes dispositivos... preocupa-me a sua continuidade a médio/longo prazo: dos Windows Mobile saltaram para o Windows Phone 7 (não compatível e ainda nem lançado), mas vão manter um Windows Mobile "clássico" compatível com as anteriores... e agora temos ainda estes "Kin"... começa a parecer-me "fruta a mais" para ser mantida com qualidade.
E estando este Kin bastante dependente da "cloud"... o que sucederá se daqui por dois anos a MS considerar isto uma experiência falhada e decidir desligar os servidores?

Mesmo sem esses problemas hipotéticos, há outros concretos que ensombram já o lançamento destes Kin:
  • Não há slot MicroSD (se bem que a MS diz que isso não é problema, já que o armazenamento é feito na "cloud")
  • Notificações apenas de 15 em 15 minutos?
    Se o anterior não era problema, como se pode admitir então que numa época cada vez mais "real-time", e numa gama de aparelhos vocacionada para o público jovem "social" se tenham notificações apenas de 15 em 15 minutos?
    A desculpa da MS é que não queriam ter os dispositivos constantemente a verificar por actualizações... Mas podiam ter aprendido com plataformas concorrentes, onde isso é feito sem qualquer problema...

E vocês, estão dispostos a arriscar nestas "kin"quilharias da Microsoft? :)

5 comentários:

  1. Por mais produtos que lancem, só são bons numa coisa.

    Ratos e teclados. "Mai" nada!

    ResponderEliminar
  2. "More advanced users, however, might be turned off by some of the limitations within the operating system. There’s no photo- or video-editing software built in to the OS, no universal inbox, and no calendar support. The browser doesn’t support Flash Lite or Silverlight, either. And while the phones have a fair amount of built-in memory, there’s no expandable memory support. The Kin One and Two run a special version of the Windows Phone OS—not Windows Phone 7 or even version 6.5—so many of the core Windows Phone features aren’t available in the Kin OS."

    Nem mais.
    M$ só ratos e teclados.
    E isto nada tem a haver com um iPhone.

    ResponderEliminar
  3. Pois...pois...

    que raio de avaliar um produto sem ver

    ResponderEliminar
  4. Caro anonimo, terei todo o prazer em esperar q adquira este Kin e nos envie a sua analise, mencionando os pontos positivos e negativos.
    Ate lá, tenho q me ir baseando nas informações que vao circulando na net...

    ResponderEliminar
  5. Parece-me que a Microsoft no mercado mobile está com uma estratégia de "atirar tudo à parede a ver se alguma coisa cola". Não vejo coerência alguma.

    Cada vez mais me parece que a MS é uma empresa sem rumo definido. O Bill Gates podia ter muitos defeitos, mas tinha uma certa visão do que queria fazer. Desde que ele saiu a MS parece q anda à deriva... a tentar copiar (mal) os outros.

    ResponderEliminar

[pub]