2010/05/06

Ainda queres Ganhar um iPad?

Para os que pensavam que a oferta do iPad estava esquecida, aqui deixo os últimos desenvolvimentos. :)


Andei a estudar vários processos, incluindo a possibilidade de utilizar a opção de "pagamento de serviços" que agora surge associada a alguns cartões de crédito "recarregáveis" - mas infelizmente, após alguns testes, confirmou-se que realmente só permitem transferências iguais ou superiores a 5 euros.

Daí que a única opção que resta é a transferência bancária, via NIB.

Pelo que pude averiguar, se for feita numa caixa MB não há custos associados, mesmo para valores de 1€.
(Se for feita via internet poderá ter custos, varia de banco para banco e isso cada um de vocês saberá melhor que eu.)


Quanto à posterior oferta dos gadgets adquiridos através deste fundo mútuo de aquisições, que vos parece a hipótese de utilizar um serviço tipo Random.org, com a escolha a ser transmitida em directo via Ustream, para que não houvessem dúvidas quanto à total aleatoriedade?


Por fim, a única questão que continua a adiar o arranque desta iniciativa é... saber quando estará o iPad finalmente disponível em Portugal. Não me parece que seja correcto começar já a aceitar contribuições sem que se tenha uma "data de conclusão" à vista. Mas... digam-me vocês: será preferível esperar até que haver datas, ou preferem começar já a contribuir, mesmo que hipoteticamente se tenha que aguardar mais 3 meses?

E já agora, digam-me também qual seria o modelo mais atractivo, o iPad WiFi, ou o 3G?

Deixem as respostas no formulário já a seguir ou nos comentários.

Actualização: resultados do inquérito aqui

Nova actualização: vamos andar pra frente com isto! :)

22 comentários:

  1. Está é uma excelente iniciativa.

    Só falta é alargares a outros gadgets como este:

    http://www.engadget.com/2010/05/06/archos-7-home-tablet-ships-to-android-lovers-in-june/

    Bem sei que também só virá em Junho... mas é só uma sugestão :D

    ResponderEliminar
  2. Sim, como disse a ideia alargar a muitos mais gadgets. Começar com o iPad é só para... preparar o caminho! :)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo6/5/10 16:18

    De novo... sorteios aleatórios requerem autorização do Governo Civil ou são ilegais. Só se o prémio for atribuído a alguém segundo algum critério é que não requer autorização. Se for com base na "sorte", necessita.

    Se já viste isso tudo sobre as transferências, por acaso já viste a multa a que te sujeitas ?

    ResponderEliminar
  4. Já respondi ao questionário, vais divulgar os resultados ou só a conclusão final?
    E se o iPad demorar? Que tal ir preparando outros fundos? Já há alguma 'lista' de gadgets candidatos?

    ResponderEliminar
  5. @Sérgio

    Divulgarei os resultados pois claro; que servirão para tomar uma decisão final.


    @Anónimo
    Oficialmente, o concurso não dependerá da sorte, será uma decisão minha, de simplesmente oferece um gadget ao um dos leitores.
    Mas, se houver por cá algum representante do Governo Civil, até estaria curioso em saber quais as "despesas" que eles cobrem para legalizar uma coisa destas.
    Só a nível de papeladas, já é suficiente para me dar dores de cabeça... :/

    Aqui a ideia é simplesmente uma compra em grupo, para análise de gadgets, e que depois ofereço "à minha discrição"... E quem quiser entender que entenda...

    ResponderEliminar
  6. E caso não consigas o dinheiro suficiente para pagar o Gadget em questão? Como se faz?

    ResponderEliminar
  7. @Paulinho
    Pela quantidade de interessados que respondeu ao primeiro inquérito, acho que esse problema não se coloca. :)

    No entanto, se ao fim do tempo estipulado não se conseguir atingir o valor alvo, poderemos considerar duas opções:
    Ou estender o prazo por mais algum tempo;
    Ou comprar outro equipamento com custo de aquisição inferior.
    Seria algo a ser decidido pelos leitores (quer a opção a tomar, quer a escolha do gadget.)

    Mas, uma vez que a minha ideia é sempre fazer um pré-inquérito para avaliar o interesse, espero que tal nunca venha a suceder. :)

    ResponderEliminar
  8. Desconfio que o termo "uma compra em grupo" é apenas (e também) em sentido figurado ;-)
    Mas é uma boa questão!

    ResponderEliminar
  9. (foste mais rápido que eu, hehehe)
    Ok, desde que façamos parte dessa decisão, porreiro: count me on :)

    ResponderEliminar
  10. @Paulinho
    Por mim pode-se ir esperando até se atingir.

    ResponderEliminar
  11. Governos civis, sites aleatórios, pagamento de serviços, multas... xiça!!!
    Tanta coisa por causa de um ou dois euros de «rifa»? Eu confio o suficiente no Carlos (e só o conheço de ler este blog) para arriscar dois euros nisto.
    Quanto à escolha, eu cá prefiro o iPad 3G... é que o wifi (que deve ser o primeiro a sair) vou mesmo comprar pra mim, com ou sem rifas :)
    Dá-lhe...

    ResponderEliminar
  12. Carlos Silva6/5/10 17:24

    O bidrivals já está a "BIDRIVALar" com a opção de compra o IPAD Wifi.O expansys também já está a vender a várias versões WIFI (a um preço mais caro que o bidrivals)

    ResponderEliminar
  13. Siga Carlos... Estou à espera do início da coisa..
    Já postei o form..

    ResponderEliminar
  14. @Carlos Silva
    Os iPads actuais não "funcionam" no nosso país... Isto é, necessitam de uma conta iTunes americana.
    A ideia é dar um iPad "português" que funcione por cá sem limitações e sem chatices, e com a garantia Apple como deve ser.

    @Eluis e @w3Rm
    Obrigado. :)

    ResponderEliminar
  15. Realmente a questão de ser legal ou não este tipo de "concursos" é importante e penso que deve ser do interesse quer de quem concorre, como de quem promove o "concurso" para não haver problemas de maior (o advento da internet dá muita visibilidade às pequenas coisas...)

    ResponderEliminar
  16. @Antero

    A minha ideia era simples - o de um grupo de amigos simplesmente se juntar para adquirir um gadget, contribuindo com um valor simbólico, sendo depois oferecido a um deles.

    É esse o conceito. A partir daí, dizer-se que é "rifas" ou "sorteio" ou "concurso" começa a levantar as questões legais.

    A única coisa que quero que fique bem claro é que não ganharei nada com isto, todo e qualquer cêntimo que cada um der, será utilizado na aquisição dos gadgets - (e se por acaso sobrar alguma coisa, ficará para a aquisição seguinte.)

    A única coisa que tiro disto será o prazer de poder fazer analises "a sério" com os produtos reais (e todo o trabalho de andar a gerir isto!), e claro... o poder fazer alguém bastante feliz ao lhe entregar um novo brinquedo. :)



    Se as questões legais começarem a tornar-se assim tão importantes, o "remédio" será tornar isto privado - onde as pessoas só entrem mediante "convite/registo"... e deixa de se falar disto de forma pública. Se for essa a melhor solução para que não haja chatices... assim seja. Mas até ao "dia 0", prefiro manter todas as possibilidades em cima da mesa, e ser optimista em relação às pessoas que compreenderem este conceito.



    E um último reparo: têm surgido várias pessoas no formulário a sugerir o Paypal.
    Muito me agradaria utilizar o Paypal, mas eles cobram 30 cêntimos de comissão por transferência, o que para valores de 1€ se tornam nuns ridículos 30% de comissão.
    Para além disso há muitas "horror stories" de pessoas que ao fazerem coisas deste tipo, e a receberem umas centenas de transferência (volumes fora do normal) ficam com as contas congeladas... Daí que, preferia manter-me com algo mais simples - e principalmente, sem despesas nas transferencias.

    ResponderEliminar
  17. Ainda bem que avisaste sobre isso do paypal, pois nem sabia que eles cobravam 30% de transferencia. Sendo assim, concordo que seja usado transferencia bancária.

    Quanto a essas questões legais, só digo isto:
    Eu sigo o teu blog há uns tempos e para premiar o teu bom trabalho vou-te fazer um donativo de 1,2 ou 5 euros (ainda se vai decidir lol). Se depois me quiseres oferecer um ipad a mim ou a qualquer outra pessoa que te tenha feito um donativo, porreiro, obrigado por seres um tipo fixe!

    Acho que se devia começar já a fazer donativos pois aindam faltam 3 meses, e até lá já daria para juntar algum dinheiro para se comprar o ipad 3g. Se começarmos mais tarde, é menos tempo a fazer publicidade, menos tempo a receber dinheiro, possibilidade de receber menos donativos.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  18. @Fábio

    Atenção que o Paypal não cobra 30%, cobra sim uma percentagem + 0.30 cêntimos.
    Quando aplicada a um valor de 1€ é que isso acaba por representar 30%, e daí não ser interessante para transferências de baixo valor.

    ResponderEliminar
  19. Haa ok, assim tem mais lógica, e 30% tb seria impensável. O paypal ja nem deveria existir se cobrasse esse valor tão alto :)

    ResponderEliminar
  20. Já há muitas respostas ao questionário?

    ResponderEliminar
  21. Eu sabia que me tinha esquecido de alguma coisa... post já a seguir. :)

    Com esta coisa do lançamento em Espanha, estava à espera para ver se valeria a pena ir lá buscar um.
    (Saber como é que vai ser com as App Stores, se já irá aparecer uma "portuguesa" ou não, etc.)

    ResponderEliminar

[pub]