2011/11/08

Aberto até de Madrugada no Google+


O Google abriu as portas do Google+ à criação de páginas de empresas, produtos, comunidades, etc. E, para não dizerem que não gosto de desbravar novos horizontes, depois do Twitter, da mailing list, e do Facebook, eis que o Aberto até de Madrugada chega também ao Google+.

Para ser sincero... ainda não sei bem que tipo de uso irei dar a isto... uma vez que sou um pouco contra a "dispersão" do AadM - e por isso mesmo recomendo que continuem a seguir o site "aqui mesmo" na origem, e a discutirem toda e qualquer questão via a nossa mailing list bem concorrida e participada. Mas, como sou também apologista de disponibilizar os nossos conteúdos no maior número de plataformas possíveis... vamos lá ver que tipo de aceitação poderá ter o AadM no Google+ (embora estas páginas do Google+ já estejam a ser alvo de críticas).

4 comentários:

  1. O Google+ é próximo grande flop da Google... Já temos redes sociais suficientes para "alimentar" e naturalmente privilegiaremos aquelas onde se encontram a maioria dos utilizadores... só com um conceito arrasadoramente inovador como foi o gmail à uns anos se consegue suplantar o facebook no campo deste...

    ResponderEliminar
  2. Ognito inc: já haviam mail providers "suficientes" também...

    btw, acho que só podes ter uma ideia da aceitação no g+ se lá meteres conteúdos

    ResponderEliminar
  3. @Anónimo, realmente havia muitos mail providers, no entanto nenhum oferecia 1GB de capacidade, nem um interface limpo e rápido como o Google oferecia.

    Em termos de comparação - se bem me lembro - o Yahoo na altura oferecia 100MB, e o Hotmail 10 ou 25MB, dependendo da localização do utilizador - se bem me lembro.

    Mas a questão mantêm-se. O que oferece o G+ de inovador que compense mudar os dados do FB para o G+ , e o que atrai os utilizadores que ainda não perceberam a utilidade das redes sociais - como eu - para o G+. Ou como eu gosto de pensar, será que o ónus de perder parcialmente a privacidade, compensa o bónus de ter conta numa qq rede social, mas isso já é outra questão.

    ResponderEliminar
  4. @Cromos do Cosmos
    A mim o G+ atrai bastante pois as diferenças a nível de organização, design, privacidade, respeito, qualidade técnica, etc são assinaláveis. Mais, não vejo que tenha de ser uma questão de "o G+ ou o FB". Porque não os dois? Acho que podem perfeitamente servir partes diferentes da sociedade. O twitter existe há muitos anos a par do FB (para não falar nas outras redes todas) e não vejo isso ser um problema. Para mim o G+ é um híbrido entre FB e Twitter, pensado para quem sabe o que faz e o que quer. Quem não precisa ou não sabe o que quer, pode ficar no FB (ou não usar nenhuma rede social) que faz muito bem ;)

    ResponderEliminar

[pub]