2011/12/02

Nvidia Tegra 3


Tal como até este momento a referência para os tablets Android era o Tegra 2 da Nvidia, para 2012, e estreando-se com o Transformer Prime da Asus, a pergunta a colocar será: isso vem com um Tegra 3?

Com um quad-core acompanhado por um cpu extra para assistir nas tarefas sem necessidade de processamento intensivo para maior eficiência, o Tegra 3 promete ser o primeiro passo no caminho que nos levará em direcção a sistemas operativos capazes de gerir eficientemente CPUs diferenciados. E que, na minha opinião, será apenas o início: pois tal como isto agora é feito para os CPUs, poderá muito bem aplicar-se a outras áreas no futuro, como memórias e armazenamento físico (podendo especificar-se se são conteúdos que se queira ter acesso rápido, ou "crítico", ou se são dados que podem ficar em suportes mais lentos, ou optimizados para streaming, ou com redundância, etc. etc.)

Mas, até lá, fiquem com uns vídeos que mostram o que este Tegra 3 nos pode oferecer:







E coisas como estas passarão a ser normais nos equipamentos móveis, e não só nas "consolas" lá de casa:

3 comentários:

  1. Um dia destes temos os tablets ao nível de uma consola e depois, ao nível de um pc.
    E um dia destes conseguimos ligar um comando de consola nele pra jogar e até um teclado e um rato. E qualquer dia aumentamos ainda mais ao ecrã.

    Não tarda inventamos a consola e o pc :)

    ResponderEliminar
  2. ASUS Transformer Prime VS iPad2

    Vejam e babem! ;) Parece que me termos gráficos fica ganhar de longe (bem longe) o Tab da Asus.

    http://android.hdblog.it/2011/12/03/android-batte-apple-performance-grafica-tra-ipad-2-e-transformer-prime-a-confronto/

    youtu.be/LQuHVRFphdo

    youtu.be/2dN5AitoYZA

    ;)

    ResponderEliminar
  3. E isto é só o começo!
    Viva o Android!!!

    ResponderEliminar

[pub]