2014/01/22

Correcção para os Níveis de Preto nos Plasmas Panasonic 2009/2010


Começa a ser tão frequente os fabricantes lançarem produtos com bugs para o mercado (fazendo dos clientes beta testers) que a maioria das pessoas até já encara isso como sendo normal. No caso dos compradores de televisores de Plasma da Panasonic de 2009 e 2010, um desses problemas salta à vista devido a uma incorrecta calibração dos níveis de preto que tem piorado a qualidade de imagem ao longo do tempo... e cuja solução só agora surgiu, graças aos próprios utilizadores.


Os ecrãs de plasma permitem ter uma excelente qualidade de imagem e continuam a ser dos preferidos pelos "puristas" (só sendo ultrapassados pelos ecrãs OLED e alguns LCDs com local dimming). Mas essa tecnologia está sujeita a desgaste, e por isso é necessário que os circuitos façam uma compensação em função do tempo de funcionamento do ecrã. Nos modelos de 2009 e 2010 da Panasonic, esse ajuste foi feito de forma incorrecta, fazendo com que os níveis de preto destes plasmas fosse compensado em demasia, reduzindo muito do contraste que se esperaria ter nestes ecrãs.


A Panasonic sempre descartou a sua responsabilidade neste assunto, com respostas padrão dizendo que os seus ecrãs estão afinados para oferecerem a melhor qualidade de imagem (embora isso não os tenha impedido de corrigir a situação nos modelos posteriores), e milhares de compradores não tiveram outro remédio que não continuar a usar os seus plasmas com níveis de preto excessivamente iluminados.

Mas quatro anos mais tarde, e muitas experiências depois, alguns dos utilizadores destes ecrãs parecem ter descoberto uma solução para o problema. É uma solução ainda algo "complicada", pois obriga a utilizar um Arduino e ligações ao plasma usando a ficha de serviço para fazer o reset dos black levels, (e que deverá ser repetido a cada 200-250h de utilização) - mas não é nada que esteja fora do alcance de qualquer pessoa com paciência para ler as instruções (existindo também um tutorial resumido em Português).


Moral da história... também nos electrodomésticos e demais equipamentos começará a ser uma mais valia a existência de firmwares open-source que permitam a fácil correcção dos problemas pela comunidade sempre que os fabricantes não o quiserem fazer?

2 comentários:

  1. Os LCD ao longo do tempo também apresentam zonas com diferentes tonalidades de preto. Os meus samsung comprados entre 2 e 5 anos apresentam este problema. Alguém relata o mesmo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Num LCD a tecnologia é diferente, e será devido ao backlight (quer seja lâmpadas CFL ou LED, que poderão ter desgaste não uniforme ao longo dos anos - mais gravoso no caso dos CFL.)

      Teoricamente é possível proceder à sua substituição... mas não faço ideia dos valores envolvidos.

      Eliminar

[pub]