2014/06/26

Moto 360 é mesmo real e como se desejava


Depois de muita espera, o Google IO serviu de palco para que os participantes pudessem finalmente ver e mexer no muito aguardado Moto 360 da Motorola - parecendo confirmar que é mesmo aquilo que se desejava.

Depois de ter sido anunciado, as dúvidas sobre se a Motorola conseguiria realmente tornar este produto real foram-se arrastando, só começando a dissipar-se quando começaram a ser vistos alguns deles ocasionalmente nos pulsos de algumas pessoas. Agora, o Moto 360 pode ser visto, tocado e usado por milhares de pessoas (parece ser o produto mais desejado do Google IO, com longas filas para quem o quer experimentar).

Embora seja um pouco "grosso", as dimensões do Moto 360 parecem estar dentro dos parâmetros aceitáveis, e dizem que o seu baixo peso rapidamente nos faz esquecer o seu volume.


Este smartwatch está disponível em acabamento preto e em metalizado, e tirando um pequeno segmento na parte inferior onde se esconde alguns componentens electrónicos, tem a parte frontal completa dominada pelo seu ecrã circular que se torna no principal factor de originalidade e responsável por o tornar tão desejado. Fico no entanto um pouco preocupado com o sistema de encaixe das braceletes... que não é visível, mas esperemos que permite a fácil substituição das mesmas.


Aliás, demonstrando que o Moto 360 ainda está em desenvolvimento (ou que esconde algum "trunfo"), mesmo estando a ser experimentado por milhares de pessoas, a Motorola não permite que ninguém espreite a sua parte traseira! É pena, uma vez que como o relógio vai ter carregamento wireless, não deverá ter a parte traseira em metal, e portanto seria bom ver como a Motorola lidou com o problema.

O secretismo poderá ter a ver com estes protótipos usarem ainda algum conector para o carregamento que virá a desaparecer; mas algumas pessoas que conseguiram espreitar momentaneamente a parte de trás referem alguns orifícios que as fizeram suspeitar que o Moto 360 possa contar com sensores adicionais para medição do ritmo cardíaco - algo que seria interessante, sem dúvida.

O pior mesmo é que, enquanto o LG G Watch e o Samsung Gear Live - ambos com Android Wear - ficam disponíveis desde já por $229 e $199 no Google Play (infelizmente não no nosso país, como é costume), o Moto 360 continua a não ter uma data definida para o seu lançamento, sendo apenas dito que chegará durante este Verão com o preço estimado de $249.

6 comentários:

  1. O que mais interessa saber aqui é a autonomia .... Uma solução ao estilo dos relógios que geram a sua própria energia com o movimento do pulso era algo que gostaria de ver implementado neste segmento de produtos

    ResponderEliminar
  2. parte traseira do Moto 360: http://i-cdn.phonearena.com/images/articles/126422-image/P1030141.JPG.jpg

    fonte: http://www.phonearena.com/news/Motorola-Moto-360-hands-on_id57547

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. :)

      Fico curioso para que o botão será utilizado, uma vez que nos outros smartwatches não existem botões.

      Eliminar
  3. Este é sem dúvida o 1º smartwach que me entusiasma e me faz ficar tentado a ter um.
    No entanto por estas imagens não gosto da bracelete, preferia que fosse metálica, o que daria uma imagem de maior robustez ao relógio.

    ResponderEliminar
  4. Numa primeira impressão não sei se gosto do segmento circular ao fundo do ecrã... acho que anula, pelo menos em parte, o facto do ecrã ser circular. De qualquer forma, este parecem ser o "mais bonito" até agora, se bem que não desgosto da simplicidade aparente do LG. Nesta fase, nota-se que as implementações são todas muito parecidas.

    ResponderEliminar
  5. "mesmo estando a ser experimentado por milhares de pessoas, a Motorola não permite que ninguém espreite a sua parte traseira! É pena, uma vez que como o relógio vai ter carregamento wireless, não deverá ter a parte traseira em metal, e portanto seria bom ver como a Motorola lidou com o problema."
    Aqui está, ao vivo e em vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=U13DF7R-iuw

    ResponderEliminar

[pub]