2014/09/05

Motorola lança Moto X, Moto 360, Moto G e Moto Hint


A Motorola já revelou os seus novos "brinquedos" para o final de ano, o novo Moto X, novo Moto G, um curioso auricular bluetooth Moto Hint e também - finalmente - a chegada às lojas do muito aguardado Moto 360.

Moto 360


Depois de meses de espera, a Motorola faz finalmente chegar às lojas o Moto 360, com o preço de $249. Por muito atractivo que este smartwatch seja (e é), parece ficar evidente que se trata verdadeiramente de um produto de primeira geração que irá obrigar a fazer algumas/bastante cedências. Para além da pequena secção inferior que "estraga" o ecrã circular, temos aspectos como o interface do Android não estar ainda totalmente adaptado para os ecrãs circulares (algo que poderá melhor com actualizações futuras), e outros que dificilmente melhorarão, como os sensores de ritmo cardíaco que não funcionam tão bem quanto se desejaria - e, talvez o aspecto mais crítico, embora seja anunciado como tendo autonomia para um dia... já se sabe que isso significa que raramente chegará ao final do dia..

A autonomia vai ser o grande calcanhar de Aquiles deste Moto 360, e teremos que ver até que ponto é que o público estará disposto a perdoar isso (e eu continuo com dúvidas sobre se o seu tamanho não será demasiado grande... mas isso é coisa que cada um só poderá avaliar com ele no seu próprio pulso.)


Moto G


Já cá falamos do Moto G2 por várias vezes, mas cá vai novamente. O Moto G2 cresceu para as 5", mantendo a resolução de 1280x720, vem com um Snapdragon 400 quad-core processor a 1.2GHz, 8/16GB de capacidade mais microSD até 32GB, colunas stereo frontais, versões single e dual SIM, câmara de 8 e 2MP e bateria de 2070mAh. Felizmente, não se confirmou o pior receio, de que este modelo teria um preço inflacionado, e irá manter-se nuns interessantes $179.99.


Moto Hint


O Moto Hint é um auricular bluetooth que fica discretamente instalado dentro da orelha, e que será do agrado de todos os que se queiram sentir como agentes secretos. Com um simples toque, podemos dar-lhe comandos de voz e ouvir as respostas directamente no nosso ouvido; sendo também possível nem sequer tocar nele e dizer "Listen up Moto Hint".

Com um preço de $149.99 não será barato... mas tem também a vantagem de vir com uma "caixa" que serve de recarregador portátil capaz de o carregar duas vezes quando se está longe de uma tomada.


Moto X


E por fim, temos também o novo Moto X. O Moto X era encarado como sendo o equipamento Android que viria a tornar-se no exemplo de referência da plataforma (quando o Google ainda detinha a Motorola), e contava com tecnologia inovadora como o reconhecimento de voz sempre activo (com hardware dedicado a essa e outras funções). O novo Moto X tem que estar à altura desse legado... e por isso havia muita curiosidade para ver o que a Motorola iria fazer.

Contrariando a actual tendência dos smartphones gigantes, o Moto X mantém-se nos comedidos 5.2" (ecrã AMOLED Full HD), passando a ter uma construção em metal nas partes laterais, que também servem como antena (preferencialmente sem darem origem a um novo "antennagate" como no iPhone 4) e que inspira qualidade logo ao primeiro toque. Aliás, o "toque" continua a ser uma grande aposta, com uma enorme variedade no tipo de materiais e acabamentos que podemos escolher para a tampa traseira, incluindo couro.


No interior encontramos um Snapdragon 801 a 2.5GHz. A câmara passa a ser de 13MP e com gravação de vídeo 4K, e conta com um curioso anel com LEDs em seu redor, que é usado para criar um flash circular.

O Moto X vai ter um preço que começa nos $499 para a versão de 16GB ($549 para os 32GB).

4 comentários:

  1. Fiquei maravilhado com este Motorola Hint. Finalmente um produto de jeito em termos de bluetooth.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. O que nao gostei neste moto x?

    pois bem a bateria parece ser pequena ...sei que dizem que a do anterior parece que faz milagres e que optimização é top mas este moto x com um ecra maior e mais resolução não sei se nao acontece como o nexus 5 que a bateria é mesmo o seu maior problema (ja consegui 4 horas de ecrã mas foi bem puxado)

    Já agora preço para europa nada? ou vai acontecer como o primeiro que demorou meio ano e a um preço inflacionado?
    e outra pergunta...aqui nos comentarios nao podemos editar? era algo bem vindo :D

    ResponderEliminar
  4. Já é possível comprar na europa?

    ResponderEliminar

[pub]