2014/11/07

OnePlus já vendeu mais de 500 mil "Ones"


O interesse no OnePlus One é inegável, diariamente continuam a chegar-nos pedidos de convites, e a venda durante umas horas praticamente deitou o site abaixo perante a afluência de interessados. Mas em que é que isso se traduz "em números"? Mais de 500 mil unidades vendidas, e a intenção de atingir o 1 milhão antes do final do ano.

Embora não se possa subestimar a venda de 500 mil smartphones, são números que revelam bem a diferença de dimensão que existe entre a OnePlus e outros fabricantes - e que também ajuda a explicar a dificuldade de se comprar um modelo quase meio ano depois de ter sido lançado. Outras marcas dão-se ao luxo de conseguir vender milhões de unidades nos dias que se seguem ao lançamento, e têm que ter capacidade para dar resposta a essa procura.

No caso da OnePlus, a sua dimensão mais modesta faz com que os seus lotes de fabrico sejam bastante mais pequenos. Aliás, dizem que devido à sua margem de lucro - inferior a $10 por equipamento(!) - não se podem mesmo dar ao luxo de fabricar equipamentos que não fossem vendidos.

Uma área onde a OnePlus não se pode de gastar dinheiro é na publicidade, pois até à data apenas gastou $300; sendo que o processo de convites, e as campanhas que vai fazendo (por vezes polémicas) têm sido suficientes para garantir que as pessoas continuem a lutar por conseguir um código que lhes permite poder gastar dinheiro - goste-se ou não do processo, há que lhes dar o mérito de, após todos estes meses, conseguirem ir mantendo tal nível de procura.

... Por mim, já estou a imaginar é o que a OnePlus irá preparar para o seu próximo modelo.

3 comentários:

  1. Eh pá, acho que no próximo equipamento podem perfeitamente duplicar os lucros e cobrar +20$, o pessoal não se importa :)

    ResponderEliminar
  2. Eu tenho um desde meados do mês de julho e garanto-vos é simplesmente espetacular. Foram 300 euros muito bem empregues e por este valor não existe nada que se compare no mercado das tecnologias. Vejam as especificações da bomba, soberbo. A acrescentar temos um software unico, palavras para quê Cyanogen Mode. Temos o pervilegio de usufruir duma rom puro sangue. Bem, é do melhor. Ah, a trezentos euros.

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho um e é mesmo bom, o principal motivo para o comprar no entanto foi outro, este equipamento marca o inicio do processo de comoditização desta área. faz isso de maneira muito diferente do que é costume, pois o faz não por debaixo (equipamentos de qualidade reduzida e sem grande cuidado pelo design) mas pelo contrario por cima com um equipamento que normalmente só encontraríamos no fim deste processo de comoditização, e mesmo assim muito raramente, exemplo olhar para o mercado PC/laptops. E isto sim pode ser uma revolução, o impacto que isto poderá ter nas mecânicas usuais nesta área são tremendos, mas o primeiro foi o oneplusone

    ResponderEliminar

[pub]