2015/03/25

Microsoft opta por separar mesmo o Spartan do Internet Explorer


A Microsoft quer livrar-se da má fama do Internet Explorer e prepara um browser completamente novo - Spartan - para acompanhar o Windows 10; mas havia dúvidas sobre se isso seria feito à custa de um corte efectivo com as versões anteriores: coisa que MS agora vem confirmar.

O Spartan é um browser feito de raiz e bastante mais eficiente, mas já começava a ser encarado apenas como uma alteração "política", uma vez que por motivos de compatibilidade iria manter também o motor de rendering do Internet Explorer (Trident) - e o seu novo motor de rendering mais eficiente (Edge) iria também estar presente no novo Internet Explorer tornando-os, para todos os efeitos, equivalentes apenas com alterações a nível do interface.

Mas a MS reconsiderou esta opção e vem agora clarificar que não haverá estas misturas: o Spartan utilizará apenas o novo motor Edge, e o Internet Explorer permanecerá também unicamente com o seu Trident.

De resto, a confiança no novo Spartan é de tal ordem que este será o browser "default" no novo Windows 10, embora o IE11 permaneça disponível para os casos em que for absolutamente necessário manter compatibilidade com páginas ou serviços feitos especificamente para ele. Embora, se ainda tiverem necessidade de usar algo como os ActiveX ou outras coisas específicas do IE, está mais que na altura de considerarem modernizar-se e livrarem-se dessa dependência. :)

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]