2018/02/06

Vendas de tablets em queda há 13 trimestres consecutivos


Segundo as estimativas da IDC, as vendas de tablets continuam em queda há 13 trimestres consecutivos, e apenas a Amazon, Apple e Huawei conseguiram contrariar essa tendência.

No último trimestre de 2017 foram vendidos 49.6 milhões de tablets (estas estimativas incluem também tablets com teclados destacáveis) face aos 53.8 milhões vendidos em idêntico período do ano anterior. Foi uma queda de 7.9% que vale apenas por ter sido inferior à do período anterior, mas continuará a ser preocupante que os tablets estejam a vender menos há 13 trimestres consecutivos!



Ainda assim, há algumas marcas que têm conseguido contrariar esta tendência. Na primeira posição, a Apple consegue escapar à descida com um crescimento ligeiro de 0.6%. Na segunda posição, a Amazon (que ultrapassou a Samsung) consegue um feito notável ao obter um crescimento de 50.3%, muito certamente com a ajuda dos novos tablets Fire terem a Alexa integrada. E depois temos ainda uma inesperada Huawei, que na quarta posição conseguiu também um crescimento de 11.9% (em contrapartida, a Lenovo cai 13.1%). Será sinal de que a estratégia da Huawei estará a funcionar... mesmo se continua num patamar bastante abaixo da Samsung (3.5 milhões de tablets vs 7 milhões).

Os tablets acabam por ser o exemplo perfeito "anti-smartphone", demonstrando como reage o mercado a equipamento que os utilizadores consideram ser suficientemente bons para serem mantidos por vários anos, sem a necessidade (quase imperiosa) de serem substituídos anualmente, sempre que sai um novo modelo.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]