2018/03/04

Filmes dos Oscars já estão na internet


Em noite de Oscars, enquanto uns tentam comprovar se as suas previsões são acertadas, outros congratulam-se por já poderem ver todos esses filmes sem pagarem bilhete, pois mais uma vez são filmes que, de uma forma ou de outra, já estão disponíveis nos sites de partilha na internet.

Por muito que a Indústria de Hollywood tente combater a partilha dos seus filmes, a verdade é que todas as suas tácticas continuam a falhar, conforme comprovado pelos 34 filmes nomeados os Oscars que já se podem encontrar na internet. Mas, claro que Hollywood poderá ter uma perspectiva diferente: o número de "screeners" que chegaram à internet este ano (12) é inferior aos dos anos anteriores (16 em 2016 e 14 em 2017) e imensamente inferioraos mais de 20 que se tinham na década passada.


Mas, também demonstrado que, se não se arranjam as coisas por um lado, arranjam-se "por outro", o número de filmes em versão "cam" aumentaram substancialmente, passando de 5 em 2016 para 14 em 2017, e subindo para os 20 nesta edição de 2018.

Estas versões "cam" são as versões filmadas directamente de salas de cinema, com qualquer quase sempre bastante fraca e onde muitas vezes a imagem é cortada significativamente para que não se apanhem as cabeças dos espectadores, etc.

Ainda assim, importa referir que a procura por estas versões acaba por ser impulsionada pela própria indústria, pois são muitos os fãs que se vêem frustrados por alguns destes filmes nem sequer terem estreado nos seus países, e não havendo formas de os conseguir ver.

... Depois queixam-se que a Netflix vai tendo cada vez mais sucesso, por facilitar o acesso (legal) aos conteúdos e, embora ainda não esteja imune a ter conteúdos diferenciados para cada país, pelo menos nas suas séries originais dá o exemplo ao lançá-las globalmente, sem fronteiras digitais. Custaria assim tanto aos produtores e estúdios perceberem que só tinham a ganhar ao disponibilizarem os seus filmes atempadamente nas plataformas que os pudessem fazer chegar instantaneamente a todo o mundo?

Enquanto assim não é, que não se queixem por estar literalmente a incentivar que os fãs do cinema "do resto do mundo" se desenrasquem para poderem estar em pé de igualdade com os de outros países...

2 comentários:

  1. Já vi alguns no popcorn há algum tempo e outros no cinema, muitas vezes prefiro ver em casa por diversas razões para lá do custo.

    ResponderEliminar
  2. Versoes screaners, cams?!? Bahhh... os principais filmes aos oscars neste fim de semana ja tinham as suas versoes bluray na net... alguns ja tinham said à algumas semanas e tudo...
    Cada vez mais cedo saí as versoes Bluray para o mercado depois de terem estado no cinema...

    ResponderEliminar

[pub]