2018/04/17

Empresas de segurança têm acumulado milhões de rostos tirados do Facebook e YouTube


Vivemos numa altura em que muitas "teorias da conspiração" acabam por ser mais modestas que a realidade, e agora descobre-se que há empresas que estão a fazer há anos aquilo que muitos temiam: apanhar todos os rostos que aparecem na internet, para criar uma base de dados para identificação facial.

Uma empresa de segurança tem acumulado uma imensa base de dados de rostos, conseguidos à custa de todas as fotos publicamente acessíveis no Facebook, videos do YouTube, fóruns, e todos os demais locais onde as consiga apanhar. Embora o Facebook - actualmente a enfrentar duras críticas e escrutínio por causa do abuso dos dados dos utilizadores - também tenha ferramentas para identificação facial, a empresa é forçada a seguir as regras, fazendo que essas funcionalidades que nunca cheguem à Europa (a Google também já passou pelo mesmo). Mas... e se isso estiver a ser feito por empresas que não liguem às regras?

No caso das empresas de segurança, as suas ligações a governos e forças da autoridade poderão ajudar a manter estes sistemas sob segredo - e não me parece exagerado assumir que, por cada uma que se descubra que está a fazer isto, haverão várias outras que continuarão a prestar serviços idênticos em segredo.

Tal como é possível encontrar bases de dados com centenas de milhões de passwords roubadas a diversos serviços online; é mais que certo que algures, alguém terá uma base de dados com centenas de milhões de rostos, que ajudarão na tarefa de tentar associar um rosto desconhecido a uma identidade conhecida. É uma proposta demasiada atractiva para governos e serviços de inteligência, que não se importarão muito com as possibilidades de uma falsa confirmação poder resultar numa enorme carga de trabalhos para um cidadão inocente cujo único "crime" foi ter colocado uma foto sua na internet...

6 comentários:

  1. Uma autentica festa...usam e abusam dos dados que as pessoas de boa fé partilham...e quem é que ganha com tudo isso?! Facebook claro...o negócio deles é esse...vender os dados dos seus utilizadores...espero bem que a UE caia em cima de todas essas empresas que andam a utilizar os dados como bem querem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém obriga as pessoas a partilhar esses dados, se não querem que sejam vendidos, não os disponibilizem.

      Eliminar
    2. Ninguem te obriga a deixar o carro na rua, se for roubado a culpa é tua... 1º quando partilhas algo num rede social está a fazer sobre o pressuposto que não vai ser vendido/acedido e tratado por terceiros a quem não deste autorização.
      2º se tu apareceres por acaso no fundo de uma foto partilhada que depois vai ser analisada e processada e vai permitir a recolha da tua actividade achas bem?

      Eliminar
    3. Ao postares aqui com a tua identidade também estás a ser alvo de analisarem a tua actividade para te impingirem publicidade de tecnologia, se usas algo grátis, têm de arranjar alguma maneira de te monetizar, a infraestrutura por detrás de tudo tem de ser paga de alguma maneira.

      Eliminar
  2. estava mais que previsto que algo deste género acontecesse há uns anos criticava-se eu pelo menos o colocar fotos de crianças na Internet, esta noticia é só uma confirmação que alguns de nós não éramos os maluquinhos das conspirações e até éramos apontados com desdém, enfim estas noticias quando passam a ser reais são de facto assustadoras

    ResponderEliminar

[pub]