2019/03/06

Petição contra Artigo 13 é a mais votada de sempre


Parece que afinal ainda há quem se preocupe com o futuro da internet, com a petição contra o Artigo 13 da nova Directiva dos Direitos de Autor na Europa a tornar-se na mais votada de sempre, aproximando-se dos 5 milhões de assinaturas.

A petição contra o Artigo 13 superou a anterior petição recordista (que pretendia invalidar a eleição de Trump) e mostra que os Europeus têm estado bem atentos - e preocupados - com o rumo que a internet está a tomar na Europa, promovendo a adopção de filtros nos uploads que constituem uma verdadeira campanha de censura digital que, não só irá interferir com os direitos dos cidadãos, como irá tornar-se numa verdadeira arma de perseguição a toda e qualquer plataforma indesejada (bastará enviar algo "proibido" que consiga passar o filtro, para logo de seguida processar o site).



Não admira que os defensores do Artigo 13 tenham feito todos os possíveis para adiantar a votação, de modo a fugirem às manifestações que estão agendadas para 23 de Março.



Até lá, todas as medidas são válidas para relembrar aos nossos supostos representantes que estamos atentos à forma como irão votar.

P.S. Até Edward Snowden tem estado a alertar para a situação...


5 comentários:

  1. Só não percebo por que é que não falam de dinheiro. Façam uma petição que diga:

    "Nós youtubers estamos preocupados porque se colocarmos no nosso canal conteúdos protegidos por direitos de autor - o YouTube pode pegar no dinheiro que for gerado entregá-lo ao detentor dos direitos. Não pode ser, pá".

    Agora vir com pregações que é o fim da internet já enjoa. A União Europeia que aprove a legislação de uma vez e vê-se o que acontece, quem perde e quem ganha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahah.
      Há que ter visão maior,
      Tenho 5 vídeos bloqueados no Facebook por direitos de autor. São o k? Vídeos de uma festa de anos que ia partilhar com familiares. Estão neste momento a 2 semanas a espera de validação.

      Isto é um exemplo básico do dia a dia com os filtros atuais.

      Com os Mais agressivos da legislação estou para ver.

      Eliminar
    2. Caríssimo, youtubers não ganham direito se tiverem conteúdos protegidos por direitos de autor, essa nem sequer é uma questão.

      Eliminar
    3. A menos que se refira a canais que fazem reviews ou por exemplo o canal que faz contagem de "erros" cinematográficos-que usa de facto trechos de filmes-que na verdade é fair use do filme.

      Eliminar
    4. É fair-use, mas com filtros nos uploads nem sequer se conseguiria fazer upload dos mesmos...

      Eliminar

[pub]