2020/02/12

Microsoft começa a sugerir Edge a quem usa Firefox


Quem usar o Windows 10 com um browser "da concorrência" deverá preparar-se para começar a ver sugestões que recomendam a utilização do novo Microsoft Edge.

A Microsoft há muito que tem recomendado a utilização do novo Edge - que agora é baseado no motor do Chromium e que o aproxima do Chrome da Google. No entanto, essas recomendações poderão começar a ser consideradas excessivas ao surgirem como recomendações no topo do Start Menu do Windows 10.

Há relatos que a MS estará a direccionar estas recomendações directamente para quem utiliza o Firefox, com a mensagem "Ainda está a usar Firefox? O Microsoft Edge está aqui".


Ora, considerando que quem utiliza o Firefox é alguém que já teve que se dar ao trabalho de o descarregar e instalar, em vez de se limitar a usar o browser que vem de origem com o Windows; será seguro assumir que o fez por sua vontade expressa, e que estará bem consciente das suas decisões e opções.


Felizmente, a MS deu aos utilizadores a possibilidade de se livrarem destas sugestões, e para isso bastará ir a: Settings > Personalization > Start e desactivar a opção "Show suggestions occasionally in Start".


Esta sim, deveria ser uma recomendação recomendada pela Microsoft para o Windows 10! :)

5 comentários:

  1. Para desactivar essa e muitas outras: https://www.oo-software.com/en/shutup10

    ResponderEliminar
  2. Apesar de considerar que o que é aqui escrito faz sentido. Acho engraçado os dois pesos e duas medidas. Quer dizer usamos Windows da Microsoft e não queremos que nos impingam produtos da marca. Usamos Android e não queremos que nos impingam produtos Google... No entanto nada dizemos quando por exemplo as marcas de supermercados são ainda muito mais agressivas a impingir produtos da marca deles. Ou aderimos a um cartão continente que nada mais é que uma prisão sem algemas ao grupo Sonae. Só acho engraçado que tenhamos esta noção que para uns é justo e justificável venderem os seus produtos através de outros produtos da marca, mas nas IT... É quase crime.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema tem mais a ver com se ter a opção de escolha. No Continente ninguém te obriga a usar o cartão deles; podes ir a uma loja, comprar em dinheiro e não têm forma de te associar ao que compraste.

      Infelizmente, com o Windows 7 a MS começou com a questão da recolha de dados sem que os utilizadores tenham verdadeiramente opção de não enviar dados para eles (no Windows 10 a opção resume-se a: enviar muitos, ou poucos, dados - a não ser que se recorram a ferramentas externas para mudar esse comportamento).

      Eliminar
  3. Linux e problema resolvido, rápido e seguro

    ResponderEliminar

[pub]