2020/02/15

NASA aponta mira a Vénus, Io e Triton


A NASA já revelou os finalistas das missões candidatas de exploração do sistema solar que serão lançadas nesta década, e que revelam um particular interesse por Vénus e também a actividade vulcânica e geológica em Io e Triton.

De ente mais de uma dúzia de propostas, a NASA seleccionou os seguintes quatro finalistas, que terão oportunidade de passar para à fase final, de onde deverão sair apenas duas missões a concretizar.

DAVINCI+

Esta missão pretende analisar a atmosfera de Vénus, e para isso vai contar com uma cápsula de descida ultra-resistente, que lhe permita recolher dados com maior precisão e durante mais tempo do que alguma vez foi feito. Incluirá também câmaras para nos mostrar o planeta, quer visto de órbita, quer a partir da cápsula de descida.

Io Volcano Observer

Sendo um dos elementos de maior interesse no sistema solar, esta missão pretende explorar a lua de Júpiter Io com os seus vulcões. O objectivo será tentar perceber como é gerado e expelido o magma, e que contribuirá para perceber mais sobre a formação e evolução de outras luas e planetas.

Trident

A missão Trident define como alvo a gélida lua Triton de Neptuno. Também bastante activa, o objectivo seria perceber se por baixo do seu manto gelado se esconde um oceano interior, e ver mais de perto as plumas que ejecta para a sua potencial atmosfera.

VERITAS

Esta missão também coloca Vénus como destino, mas desta vez usando um radar de alta precisão para criar o mais completo e detalhado mapa tridimensional da superfície do planeta. Uma mapa que seria indispensável para melhor se compreender se ainda existe actividade tectónica e como funcionarão os processos meteorológicos venusianos.


A última missão a Vénus foi lançada em 1989, sendo que a última que penetrou na atmosfera remonta a 1978. Com duas missões apontadas a Vénus, há boas probabilidades para que lá se possa regressar esta década.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]