2021/01/02

Rede 4G na Lua preocupa rádio-astrónomos

Os rádio-astrónomos estão bastante arreliados pelas intenções da NASA montar uma rede 4G na Lua, dizendo que poderá arruinar por completo as tentativas de escutar os sinais de rádio do universo.

Já temos visto reclamações de astrónomos relativamente ao impacto que as mega-constelações de satélites que estão a ser lançadas têm nas observações nos telescópios ópticos, ao rodearem o nosso planeta com dezenas de milhares de satélites - e que já levaram a SpaceX a fazer alterações para os tornar mais "invisíveis". No entanto, no que diz respeito aos rádio-telescópios, as coisas complicam-se ainda mais, pois cada novo ponto de transmissões se torna numa fonte de interferências que pode contaminar áreas muito mais vastas.

Como se o número acrescido de satélites a rodearem a Terra não fossem já um problema em termos de deixar espaços "abertos" livre de interferências de rádio, a instalação de redes permanentes de comunicações na Lua poderia ser a "gota de água" que dificultaria a tarefa de tentar escutar os sinais ultra-fracos que nos chegam dos confins do espaço.

Ainda assim, a Lua pode acabar por ser a salvação para os rádio-telescópios. Graças à sua rotação fazer com que tenha sempre a mesma face voltada para nós, significa que o seu "lado escuro" - que nunca é visível da Terra - acaba por ser um local privilegiado para instalar rádio-telescópios, que contariam com a protecção permanente da própria Lua como escudo para as proteger das emissões terrestres. Talvez possa vir a ser solução ideal: construir uma rede 4G na Lua, no lado de cá; mas reservar o lado de lá para se poder continuar a escutar o universo, e de melhor forma que nunca.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]