2021/02/20

Bitcoin ultrapassa $56K, Ethereum nos $2K

As criptomoedas continuam a dar que falar, com Bitcoins e Ethereum a atingirem novos máximos recorde, superando os 56 mil dólares e 2 mil dólares respectivamente.

A euforia das criptomoedas volta a estar ao rubro, com as mais populares criptomoedas, Bitcoin e Ethereum a registarem novos máximos históricos a praticamente cada dia, e tendo subido significativamente nos últimos meses. No caso dos Bitcoins, chegou a um máximo de mais de 56 mil dólares, quando há três meses atrás estava a menos de 20 mil dólares; enquanto nos Ethereum a subida foi ainda mais expressiva, superando a barreira dos 2 mil dólares, quando há três meses estava a cerca de 500 dólares.
Olhando mais para trás, os Bitcoin já aumentaram o valor 11 vezes face aos 5 mil dólares que valiam em Março de 2020; enquanto que os Ethereum aumentaram 20 vezes(!) pois nessa mesma altura estavam disponíveis por pouco mais de 100 dólares. E isto, claro, para não ir ainda mais para trás.

Significa que quem tivesse comprado 1000 euros de Bitcoin há um ano, teria agora algo como 11 mil euros; e 1000 euros de Ethereum valeriam agora 20 mil euros. Até 100 euros seriam mais que suficientes para superar todos os juros dos bancos, que actualmente até consideram fazer-nos um favor se oferecerem depósitos a prazo com taxas de quase 0%.

Claro que, pelo lado negativo, nunca se sabe se a qualquer momento estas subidas astronómicas se podem inverter e transformar em quedas alucinadas... Mas como sempre, neste tipo de coisas só se deve colocar o dinheiro que se estiver disposto a perder (ainda me lembro de vários amigos, a quem tinha dado a ideia de comprarem criptomoedas depois da grande queda dos Bitcoin em 2018, e eles dizerem: "oh, mas agora está a 6 mil dólares e nunca mais vai chegar aos 20 mil novamente".)

8 comentários:

  1. Carlos acho que podes ja actualizar o artigo. Ja ultrapassou 57k. Confesso q nao entendo a loucura. No sei de onde vem este dinheiro todo. Pior ainda é nao ter meia dúzia. 😁

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já agora, sabem-me dizer como é que se são tributados em Portugal os lucros com as criptomoedas? A informação não é consensual, uns dizem que não se paga nada e outros que se paga como qualquer outra aplicação financeira, e que teremos que declarar.
      Obrigado

      Eliminar
    2. Bom dia, não se paga nada de impostos, por enquanto.

      Eliminar
  2. Quem tem dinheiro em bitcoins que se de por muito feliz, quem puder investir mais que o faça, pois isto vai estar ainda melhor, já está, mas vai ficar mais, tenho vivido às custas do bitcoins e nunca me arrependi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se/quando voltarmos a ter um Dezembro de 2017 no BTC, em que demorou 3 anos a recuperar o valor que tinha, espero que voltes cá para atualizar essa opinião. ;)

      Eliminar
    2. Nélson, eu entrei neste mundo tempos antes dessa quebra de 2017. Consegui não ceder à pressão de ver algum recuperado. Faço um investimento irrisório, mas fixo e constante, por exemplo, 50/100€ por mês, certinhos.

      E digo-te uma coisa, não cedi e neste momento, era o que mais pedia, era uma quebra brutal como a de 2017, quer no BTC quer no ETH.

      É que podes ter a certeza que, passava dos 50€/mês para o máximo que pudesse.

      Eliminar
  3. Viva pessoal, não existe tributação na legislação portuguesa, e para tirar pequenas quantias para a conta bancária ninguém virá fiscalizar, mas tirem me está dúvida, se for uma quantia considerável? Em que alerte o banco de Portugal com essa movimentação, não perguntaram por contas? 🤔

    ResponderEliminar

[pub]