2021/05/10

Fabricantes automóveis abdicam dos extras tecnológicos para escaparem à falta de chips

O cenário da falta de chips está obrigar os fabricantes de automóveis a medidas drásticas, como a redução e remoção de alguns extras tecnológicos que se tinham tornado comuns nos últimos anos.

Nos últimos anos os carros têm tido cada vez mais componentes tecnológicos, que incluem coisas como ecrãs digitais no painel de instrumentos, espelhos retrovisores com ecrãs, e toda uma série de outros luxos electrónicos. Só que o panorama actual de escassez de chips está a força-los a reconsiderar essas opções, com diversos fabricantes a "andarem para trás" e regressarem aos sistemas mais antigos.

A Renault deixou de oferecer um painel digital de grandes dimensões no seu recente SUV Coupé Arkana, a Peugeot também regressou aos mostradores analógicos no 308, e a Nissan reduziu drasticamente o número de modelos pré-equipados com sistema de navegação. Praticamente todas as marcas estão a reservar os chips para os seus modelos mais dispendiosos, e fazendo com que na restante gama esses equipamentos digitais fiquem disponíveis apenas como extras opcionais em vez de serem incluídos de origem.
Não deixa de ser caricato que, estando-se a falar de automóveis de valor de 30, 40 ou 50 mil euros (ou mais), tudo possa ser posto em causa pela falta de chips que custarão alguns euros (ou cêntimos, nalguns casos). Mas, é um cenário que demonstra bem a importância da cadeia de fornecimento, e onde até o chip mais insignificante se pode tornar no "elo mais fraco" que impede a produção e consequente venda de um automóvel de valor imensamente superior.

12 comentários:

  1. https://www.google.com/amp/s/mobile.reuters.com/article/amp/idBRKBN2CM168-OBRBS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, a dependência da China está a pagar-se caro. Se até esta pandemia ninguém pensava nisso, agora há muita gente a dar voltas à cabeça.

      Eliminar
    2. Não sei o que a china terá a ver, considerando que os gigantes produtores dos "chips" são e estão nos US.
      Indirectamente talvez o covid, mas não na forma da sua sugestão.

      Eliminar
    3. Se te informares sobre as materias necessárias para a produção de chips, vêm na sua maior parte de "terras raras" terras od a China e bastante rica, e a pequena guerra deles com a Índia e simplesmente o terreno com maior concentração de terras raras do mundo.. Apesar de a China não os produzir como a América, são eles donos das maiores reservas para os fazerem..

      Eliminar
  2. Voltar a mostradores analógicos até pode ser uma boa notícia. Pelo menos para mim e acredito que para muitos. E as vendas irão provar isso, o que fará a obsessão com ecrãs de uma ponta a outra do carro abrandar. Daqui a pouco deixo de ter sensações no carro, já há fabricantes que fabricam sons de motor, mesmo em modelos a combustão o que é lamentável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. penso que já existem. penso que o yaris GR injeta som nos speakers para o condutor ter a sensação de um motor mais barulhento do que o que se ouve no exterior

      Eliminar
    2. será por isso que as caixas vario nunca passaram para uma versão comercial?

      Eliminar
    3. Tive um BMW 216 que fazia isso. A primeira vista é engraçado, na prática é irritante e não nos permite sentir o veículo na perfeição.

      Eliminar
  3. Mesmo mudando para os analógicos, pensam que não leva electrónica e que ainda é com a bicha do conta KM directa ao motor? Eheehh Boa sorte nisso.
    Ai a única coisa que poupam é meia dúzia de componentes , processadores mais potentes e os ecrans. Nada mais.
    Já agora...parem de lhe chamar "chips"... E sim componentes electrónicos. Em alguns casos são meros reguladores de tensão..

    ResponderEliminar
  4. O que é um regulador de tensão senão um simples chip

    ResponderEliminar
  5. Hora caros lusitanos....a cá no Brasil, já estamos acostumados a pagar mais caro e receber menos em tecnologia.... vão se acostumando aí....pois acredito que este cenário não mude tão cedo.

    ResponderEliminar
  6. Não sei se a Culpa é da China comunista Ditadurial ou dos Americanos Globalistas da Maçonaria ou se calhar é de dos Dois , não passa de mais uma das muitas jogadas Sujas tendo em vista o Domínio Totalitário do Mundo ...

    ResponderEliminar

[pub]