2021/06/23

Patreon escapa à comissão da App Store da Apple

Contribuindo para os que acusam a Apple de quebrar as suas próprias regras, a Apple não está a cobrar comissão sobre os pagamentos feitos na app Patreon.

O Patreon é o serviço de apoio a criadores / artistas, que permite que os fãs contribuam com um valor mensal que achem adequado. No caso da app para iOS, é também um dos casos em que os pagamentos deveriam ficar sujeitos à habitual taxa de 30% que a Apple tanto se esforça por justificar. Só que, o "problema" é que o Patreon é uma das raras excepções à regra, e não paga qualquer comissão à Apple.

Mais curioso é que o CEO do Patreon, Jack Conte, revela que não tem qualquer relação especial com a Apple, sofrendo todo o tipo de frustrações conhecidas por todo e qualquer outro developer que tenha que lidar com a App Store.

O que é certo é que, qualquer que seja a explicação, a mesma não será muito bem recebida, pois existem outras apps de apoio a criadores, que fornecem serviços idênticos ao Patreon, e que continuam a ser obrigadas a pagar comissão, e nem sequer podendo escapar dizendo que apenas aceitam os pagamentos feitos por métodos externos - que tem sido um dos pontos mais frisados no caso da batalha Epic vs Apple. É que a Apple não só exige que se pague a comissão (com algumas excepções inexplicáveis, como se vê), como também impede que as apps possam dizer: "dê um salto a este site na web para efectuar o pagamento sem a taxa Apple".

Parece que ao estilo de George Orwell, na App Store todas as apps são tratadas de igual forma, mas há algumas que são "mais iguais" que outras.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]