2021/06/25

Windows 11 vai exigir TPM

A Microsoft apresentou o seu Windows 11, mas não fez um bom serviço a explicar que este novo sistema irá exigir que os computadores tenham um chip de segurança TPM.

O TPM (Trusted Platform Module) já vem integrado na maioria do hardware lançado nos últimos anos, mas normalmente aplicado apenas a hardware destinado a uso empresarial. Se por um lado a segurança acrescida por este chip, que desempenha funções idênticas de segurança às que já temos no interior dos nossos smartphones, a situação poderá causar algumas dores de cabeça a quem tentar instalar o Windows 11 num computador mais antigo, sem este TPM.

Na melhor tradição dos oportunistas, este pequeno detalhe já fez disparar o preço dos módulos TPM para motherboards, passando de $24.90 para $99.90(!) - e sendo também criticado por estar a ser feito numa altura em que existe uma escassez de chips, que poderá fazer com que muitas pessoas nem sequer consigam encontrar um para cumprirem com a exigência do TPM..
Este será um pequeno caso que ficará esquecido daqui por uns tempos, à medida que os fabricantes passam a incluir um módulo TPM em todos os computadores, mesmo sendo destinados ao público em geral. Mas, nesta fase de transição, preparem-se para poder ser dos "sortudos" que terão que lidar com a tentativa instalação de um Windows 11 num computador sem TPM.

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. E pronto, lá está a microsoft a manter a tradição: OS sim, OS não...

    ResponderEliminar
  3. Muitos têm fTMP como opção na BIOS. Tenho um Ryzen e foi só ativar para passar no teste do Windows 11.

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente o meu satellite L50-B-1UC, não tem esta opção na BIOS. Pelo menos que eu visse. Compreendo a inclusão deste requisito, mas seria de bom tom essa "obrigação" não existir em instalações de particulares. Parece-me mais um tiro no pé

    ResponderEliminar
  5. Poderá haver alguma forma de contornar a questão do TPM, ou vamos ter todos de comprar portátil novo para ter Windows 11?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, há forma de contornar só que ainda não está confirmado se é um contorno provisório ou definitivo. Passa por alterar o ficheiro responsável por essa detecção ( um dll) na ISO do Windows 11 e isso é feito tirando o existente na ISO do Windows 10 e substituir o da ISO do 11.

      Eliminar
  6. Claro que vai ser contornado, mas nunca será de uma forma oficial, logo vai dar sempre dores de cabeça. Eu para já nem quero saber do 11,o 10 tá muito maduro. O Windows 11 vai correr mal à Microsoft , é a minha previsão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para já o windows apenas implica esse requerimento do modulo tpm no installer, ou seja é fácil fazer bypass para os intendidos através de fazer um manual deploy do windows em si.
      https://youtu.be/BO52a70XlYo
      Ou podes usar este truque também, mas não sei até que ponto ira funcionar na versão final do windows, espero ter ajudado.
      https://youtu.be/5rDJyMXbPdE

      Eliminar
  7. Tenho um Lenovo com Ryzen 3 e não consigo passar no teste do Windows 11. Tenho ativo AMD platform security processo, secure boot, boot Mode em uefi. Não sei o que se passa.

    ResponderEliminar
  8. E que tal aguardarem pela versão final lá para finais de 2021, princípios de 2022?

    ResponderEliminar

[pub]