2021/08/16

Painéis solares produzem menos no Verão devido à temperatura

Muitas pessoas que aproveitaram o fundo de apoio para instalar painéis solares podem estar a deparar-se com a estranha situação dos seus painéis produzirem menos energia no Verão do que esperavam - e a culpa é da temperatura.

Fazendo parte do grupo de pessoas que finalmente aderiu aos painéis solares, estava a deparar-me com uma situação curiosa, que recentemente foi confirmada por mais alguns dos membros da comunidade do Aberto até de Madrugada: que os seus painéis estavam a produzir menos energia em Julho e Agosto, apesar de mais horas de sol, do que produziram em meses anteriores. Tal como eu, também eles suspeitavam que pudesse ser sujidade que entretanto se tivesse acumulado nos painéis, mas mesmo depois de serem limpos, as diferenças mantinham-se.

No meu caso concreto, em Maio consegui atingir 21.3 kWh de produção diária, mas no final de Julho o máximo que consegui obter foram 20.3 kWh, e em Agosto o valor tem ficado nos 19.9 kWh.
Mesmo tendo em consideração que tenho uma instalação que tem painéis em diferentes orientações, que acrescenta variáveis adicionais à equação, era uma situação intrigante: porque motivo, em dias com mais sol, não conseguia ter o máximo de produção que se esperaria dos painéis? E a resposta parece ser bastante simples: a culpa é da temperatura.

A eficiência dos painéis solares decresce com o aumento de temperatura, e apesar de no Verão se ter mais probabilidade de ter dias limpos e com mais sol, que compensem os dias encobertos das outras estações, isso faz com que a produção máxima teórica diária, mesmo com a exposição adicional, acabe por ser inferior à de um dia de sol em meses mais frescos.

Agora fico curioso por ver o comportamento nos meses de Inverno, para ver se a temperatura reduzida poderá compensar as horas de exposição solar reduzidas, e resultar em produção solar acima do que se poderia esperar.

10 comentários:

  1. Em 2009 estava desempregado e tirei um curso de solar térmico para ter como alternativa. Nunca fiz nada com relacionado com o tema, mas já na altura isso fazia parte do currículo teórico:a temperatura dos painéis influência negativamente a captação. No inverno , segundo a teoria, deves esperar um rendimento em média 30% inferior. Fico a espera do relato!

    ResponderEliminar
  2. Essa analise/conclusão está errada.

    Os paineis produzem mais com sol/calor (e eu falo do meu caso concreto, em que tenho lg Neon com micro inversores da enphase).
    Como tenho Envoy a monitorizar, entre outros sistemas posso claramente confirmar isso.

    O problema está relacionado com o sol e as nuvens.
    Quando um dia de sol tem nuvens, isso afecta drasticamente o desempenho.

    E voces se fizerem essa analise, compararem dias de sol, versus temperatura, versus meses, versus dias com/sem sol, verão que os dias de melhor rendimento são os dias com ceu limpo e calor mais intenso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, na verdade há aí alguma confusão. Os painéis solares térmicos funcionam de maneira diferente dos fotovoltaicos. Assim os térmicos tiram o max partido em dias de sol e quanto mais calor melhor, já os fotovoltaicos têm uma eficiência maior em dias de sol e temperaturas baixas, isto tem a ver com as células solares de que são feitos as quais (tal como qualquer sistema eletrônico) perdem eficiência com o calor. Já agora aproveito para indicar que há um tipo de nuvens que funcionam como lupa e aumentam o rendimento dos painéis fotovoltaicos, são umas nuvens brancas muito claras, quem tem sistemas de monitoramento da produção pode verificar que na presença desse tipo de nuvens a produção sobe quase ao máximo. Para terminar volto a referir, painéis fotovoltaicos querem sol e frio, painéis térmicos ou aquecimento de águas querem sol e calor.
      Tenham todos um bom dia

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. O rendimento dos painéis fotovoltaicos baixa com o aumento da temperatura. Isto está mais que estudado e documentado. É preciso ter cuidado com essas comparações feitas a "martelo" porque até pode acontecer de os painéis produzirem mais no verão do que no inverno em dias de sol e o "culpado" é a orientação dos painéis que está otimizada para o verão. Existem neste momento investigação na melhoria dos painéis por forma a reduzir/inverter esta dependência negativa da temperatura.

      Eliminar
  3. Comparações a martelo vejo no artigo acima com uma imagem do shelly,
    e eu tenho as comparações registadas a partir do envoy.

    Não vou mencionar detalhes do meu sistema, até pq vale o que vale.
    Não vão faltar maganos a dizer o oposto.

    Posso acrescentar que quem fez a minha instalação é conceituado, com artigos já publicados, foi recomendo pela LG e inclusive conheço a instalação do autor deste tópico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se quiser aprender alguma coisa é só pesquisar por : photovoltaic temperature coefficient

      "The photovoltaic (PV) temperature coefficient of power indicates how strongly the PV array power output depends on the cell temperature, meaning the surface temperature of the PV array. It is a negative number because power output decreases with increasing cell temperature."

      Eliminar
  4. Até que ponto não seria interessante colocar ventoinhas ou um sistema de refrigeração a água acoplado por baixo das placas?

    ResponderEliminar
  5. Boa noite muita gente procura empresa nem o simulador tem e por isso é que não faz este tipo de energia . Mete-Se com empresa não preceberem de painéis solares fotovoltaico. 1-devem pedir as contas aos kwh que gasta e pedir para fazer a sua frente!2- segundo pe director que mostrei tudo o que produzem e tentar perceber por técnico da área da energia renováveis! 3-as empresas não investem neste tipo por cada empregado são 2500€ que tem pagar .eu falou investimento aos meus colaboradores/as são certificado para tal . Quem tem um gasto assim de 50€ sim compensar. Querem tirar dúvidas aqui está o meu telm:930404368 diretor para as energias renováveis sistema operativo fotovoltaico

    ResponderEliminar
  6. um pormenor: nao esquecer que nao necessariamente os meses de verao que temos mais luz! nao esquecam que o dia maior luz solar e consequente teorio maximo para producao de energia fotovoltaica e o 21 de junho que coincide com o inicio de verao.
    isto para dizer que os 2 meses com maior producao teorica serao Junho e Julho. Agosto ja teria uma producao semelhante a Maio.
    Mas com fala na noticia, tb a temperatura tem um papel importante, dai que consigam eventualmente melhor desempenho em Maio/Junho do que propriamente Julho e Agosto.

    ResponderEliminar

[pub]