2021/06/22

Fundo de eficiência energética com €30 milhões para 2021

Depois do sucesso do programa do ano passado, os portugueses voltam a poder melhorar a eficiência energética das suas casas, com tentadores apoios que podem chegar aos 3000 euros.

Foram muitas as pessoas que aproveitaram o programa do ano passado para instalarem painéis solares, janelas mais eficientes, bombas de calor, e muitas outras coisas que tornassem as suas casas energeticamente mais eficazes. Este ano o programa passa a contar com um orçamento bastante mais reforçado, de 30 milhões de euros, face aos menos de 10 milhões que estiveram disponíveis em 2020 (que começaram por ser apenas 4.5 milhões, que depois foram reforçados com 5 milhões adicionais para dar resposta ao volume de pedidos).

Este ano há boas notícias para os proprietários de casas mais recentes. Enquanto que no ano passado apenas estavam contemplados os investimentos de melhorias em habitações construídas antes de 2006, este ano ficam abrangidas melhorias feitas em habitações construídas até Julho de 2021 - e incluindo também intervenções com faturas após 7 de Setembro de 2020. Há no entanto algumas que continuam a só se aplicar às habituações pré-2006, como melhorias no isolamento, paredes e janelas.

Instalações de painéis solares fotovoltaicos poderão ser comparticipados em até 85% com um valor máximo de 2500 euros; e os interessados poderão candidatar-se em múltiplas áreas (por exemplo, janelas, dispositivos de redução do consumo de água), mas ficando sujeitos a um reembolso máximo de 7500 euros por por imóvel.
É aproveitar, pois não é todos os dias que se tem a oportunidade de melhoras as condições que se tem em casa, poupar energia, e ainda ter um generoso incentivo para que tal seja feito.

7 comentários:

  1. Convém referir de que é exclusivo para Portugal continental...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde está isso escrito? https://www.fundoambiental.pt/ficheiros/paes-fase-ii.aspx

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Aqui: https://www.fundoambiental.pt/avisos-2021/mitigacao-das-alteracoes-climaticas/programa-de-apoio-a-edificios-mais-sustentaveis-ii.aspx

      Mas à boa maneira "do costume", encontra-se ainda indisponível.

      Eliminar
  3. Finalmente quando abrem as candidaturas? Quando já estiver tudo preenchido pelos "amigos"???

    ResponderEliminar
  4. A iniciativa e de louvar. É necessário agora,publicitar e dar tempo para que as pessoas se possam candidatar, caso contrário, será ineficaz.

    ResponderEliminar
  5. A ter em consideração que este apoio pressupõe a apresentação das faturas do investimento solar, para além de fotos do antes e do depois.
    Não é um apoio ao qual nos possamos candidatar e só depois investir mediante a aprovação da candidatura.

    ResponderEliminar

[pub]