2021/12/27

Alerta de sismo na Califórnia chegou a 500 mil pessoas em segundos

Um sistema de alerta rápido de sismos na Califórnia mostrou o que vale, avisando a população com preciosos segundos de antecedência.

Enquanto por cá vamos lidando com sistemas de alerta via SMS, que chegam com horas de atraso e potencialmente podendo ser falsificados, na Califórnia as coisas demonstraram estar a funcionar de forma bem mais rápida.

O sistema ShakeAlert para aviso de sismos demonstrou o seu valor, notificando meio milhão de pessoas de um sismo iminente de forma imediata.


Várias pessoas reportaram ter recebido os alertas, que podem chegar através de notificação da app MyShake ou através dos alertas de emergência nos smartphones, cerca de 10 segundos antes do sismo se fazer sentir de forma perceptível.

Foi um caso de validação do sistema em condições reais, depois de num sismo anterior terem surgido queixas de não terem recebido alertas - por ser de intensidade reduzida, levando a um ajuste do nível mínimo para o envio dos mesmos.

Ter um pré-aviso de dez segundos, ou até menos, é muitas vezes suficiente para que as pessoas se possam preparar e proteger convenientemente. Tendo em conta o nosso historial com os sismos, não seria má ideia por cá se ter algo idêntico, e de preferência que não enviasse os alertas para a população com algumas horas de atraso.

2 comentários:

  1. Fantástico.

    Esperemos que o lóbi das operadoras permita que esta tecnologia passe a ser usada por cá.

    ResponderEliminar
  2. Wireless Emergency Alerts (WEA) utiliza o Cell Broadcast que nos Estados Unidos conseguem entregar alertas com precisão de GPS (metros) com o padrão WEA 3.0.



    O alerta por Cell Broadcast pode ser entregue em 4 segundos. Há um teste realizado

    https://twitter.com/USGS_ShakeAlert/status/1144324940469903360

    ResponderEliminar

[pub]