2022/02/22

Windows 11 prepara novo indicador em computadores não suportados

A MS está a testar um novo indicador mais visível no Windows 11 quando é usado em computadores não suportados oficialmente.

Para não deixar dúvidas quanto às máquinas suportadas, a Microsoft está a testar um novo indicador no Windows 11 que assume o mesmo estilo que era reservado para os Windows de teste e para os Windows não activados, com um indicador em "watermark" no canto inferior direito do ecrã.

Apesar de poder ser um pouco "chato" - especialmente tendo em conta a decisão da MS de apenas suportar oficialmente os CPUs Intel de 8ª geração e mais recentes, ou os AMD Zen+ e Zen 2 e mais recentes, que deixa de fora centenas de milhões de computadores que ainda seriam plenamente capazes de aguentar o Windows 11 - mas sempre é menos chato do que ter que lidar com popups ou outras formas de notificação mais intrusivas.

Aliás, basta relembrar que será bastante mais chato a exigência de ligação à internet e ter uma conta Microsoft para se poder instalar o Windows 11.

Mas, o que parece ficar claro, é que, detalhe a detalhe, o Windows 11 parece estar destinado a ir chateando cada vez mais os utilizadores - e a resposta poderá não ser aquela que a MS deseja. E que tal se, em vez de se sentirem obrigados a criar uma conta Microsoft, ou comprarem um novo computador "suportado", essas mesmas pessoas simplesmente optem por darem uso a um Ubuntu ou outras distro Linux, e ganharem controlo sobre as suas máquinas?

1 comentário:

  1. "E que tal se, em vez de se sentirem obrigados a criar uma conta Microsoft, ou comprarem um novo computador "suportado", essas mesmas pessoas simplesmente optem por darem uso a um Ubuntu ou outras distro Linux, e ganharem controlo sobre as suas máquinas?"

    Excelente Carlos, EXCELENTE!
    👏👏👏

    ResponderEliminar

[pub]