2022/05/28

Starship da SpaceX não será tão barata como poderia ser

A Starship será mais eficiente que o Falcon 9 nos lançamentos, mas a SpaceX não deverá passar as vantagens do custo reduzido para os clientes - porque não tem necessidade disso.

A SpaceX fez, e continua a fazer, enormes avanços a nível da redução de custos dos lançamentos para o espaço. O Falcon 9 não tem concorrência, sendo enviado e regressando ao solo, pronto para ser renovado e reutilizado, e com a empresa de Elon Musk a já ter feito mais de 10 lançamentos com o mesmo Falcon 9 - e agora os olhos voltam-se para a Starship, que tem tido desenvolvimento a ritmo acelerado.

A Starship será um dos mais poderosos foguetes da actualidade, só rivalizado pelo SLS da NASA - não reutilizável e com custo imensamente superior. No entanto, é também um produto que a SpaceX irá certamente gerir como "empresa". Isto é: a SpaceX já tinha dito no passado que o custo por lançamento do Falcon 9 poderia ser reduzido abaixo dos 10 milhões de dólares, e no entanto continua a cobrar cerca de 67 milhões de dólares, e mesmo assim sendo o preço mais barato do mercado por lançamento.

Os analistas estimam que com a Starship, a SpaceX deverá manter o preço por lançamento entre os 150 e 250 milhões de dólares. Um valor que continuará a ser competitivo e atractivo para os clientes, custando cerca de 1.5x mais que um Falcon Heavy mas levando mais de 2x a carga até órbita - mas sem passar todas as reduções de custo para os clientes, porque não tem necessidade disso. Até surgir uma empresa concorrente que face frente à SpaceX em termos de preço, a SpaceX fica numa posição confortável para definir os preços como bem entender. Com a Starship, esse preço já será reduzido para cerca de $1500/kg, aproximando-se do patamar que se diz ser "revolucionário", dos $1000/kg.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]