2022/08/30

Sonda da NASA vai colidir com asteróide para o desviar

Será já no próximo mês (Setembro) que a missão DART da NASA irá colidir com o asteróide Dimorphos para tentar alterar a sua trajectória.

Enquanto na Terra se vão tentando resolver os problemas do SLS, no espaço há uma sonda cujo objectivo é destruir-se, chocando contra um asteróide.

A missão DART (Double Asteroid Redirection Test) visa avaliar a capacidade de alterarmos a trajectória de um asteróide, fazendo colidr a sonda contra o asteróide Dimorphos e avaliar o impacto que isso tem na sua órbita à volta do asteróide Didymos de maiores dimensões. Infelizmente, não teremos direito a uma cobertura em directo do evento, que será avaliado por um CubeSat que tirará fotos depois do impacto; e que só poderá ser visto mais em detalhe daqui por quatro anos, quando a missão Hera da ESA chegar a esta dupla de asteróides para fazer um análise mais aprofundada.

O DART foi lançado em Novembro de 2021 num Falcon 9 da SpaceX. O asteróide Dimorphos tem cerca de 160 m de diâmetro, e orbita o Didymos com cerca de 780 metros de diâmetro. Os resultados desta missão revelarão dados importantes para futuras missões em que possa ser necessário desviar asteróides que estejam em risco de colisão com o nosso planeta.

2 comentários:

  1. O que é o pior que pode acontecer? Pergunto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso em concreto, e porque se trata de um teste, o pior que pode acontecer será a sonda não conseguir colidir com o asteróide e consequentemente não se obter dados para posterior estudo.

      Eliminar

[pub]