2016/01/29

Apple prepara recarregamento wireless para iPhones e iPads?


Depois de quase uma década de iPhones, parece que finalmente a Apple estará a considerar a utilização de sistemas de carregamento wireless para as próximas gerações de iPhones e iPads, permitindo que os mesmos possam ser recarregados à distância sem que seja necessário ligar cabos ou pousá-los em bases especiais.

Para uma empresa cujo sistema MagSafe magnético ajudou a evitar o "tira-e-mete" das fichas eléctricas nos seus portáteis, a Apple tem estado bastante apática no capítulo dos cabos (ou da sua ausência) dos seus dispositivos mobile. As únicas modificações que fez foi trocar a velha ficha dos iPods pela mais moderna ficha lightning (e que mesmo assim não deu uso a nenhum sistema de encaixe magnético que facilitasse o processo de encaixe), e mais recentemente - finalmente - lá se aventurou num sistema de carregamento sem fios para o seu Apple Watch.

Mas parece que poderemos ter novidades neste campo para o próximo ano, pois há rumores que dizem que a Apple estará a preparar tecnologia de carregamento wireless para os iPhones e iPads, que permita recarregá-los a distâncias superiores às permitidas pelos sistemas actuais.


Refira-se que no campo dos Android os sistemas de carregamento wireless tem sido usados, mas sofrendo da habitual confusão gerada pela existência de múltiplos sistemas concorrentes e incompatíveis. Para além disso, temos fabricantes que tanto optam por lançar modelos com carregamento wireless e de seguida lançarem sucessores sem carregamento wireless, o que também em nada contribui para a confiança dos consumidores neste sistema. Só mais recentemente começaram a surgir modelos que são compatíveis com diferentes sistemas - sendo que outra das promessas mais recentes é um sistema que também poderá funcionar mesmo através das caixas metálicas dos smartphones; algo que até ao momento não era possível e inviabilizava os carregamentos wireless em dispositivos sem tampas de plástico.


Claro que a Apple, já tendo a sua tradição no que respeita a lançar tecnologias proprietárias, bem que estaria à vontade para lançar um novo sistema sem se preocupar com compatibilidades com outros. Uma das suas patentes aponta para a possibilidade de se usar um iMac como "carregador", recarregando automaticamente um iPhone ou iPad que estivesse nas imediações. Agora... como e quando  (ou se) o fará... isso é que é a grande incógnita.

O que é certo é que muitas pessoas (eu incluído) agradeceriam não ter que andar a tirar-meter fichas diariamente. Embora, também seja suspeito para falar, pois há anos que estou (mal) habituado a não ter que o fazer com o meu velhinho Nexus 5 usando baratuchas bases de carregamento Qi.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]