2016/01/06

Ford aposta no LIDAR ultra-compacto da Velodyne


A Velodyne tem feito um enorme esforço nos últimos anos para reduzir o tamanho dos seus LIDAR, e esse esforço foi agora recompensado por uma encomenda da Ford que o pretende integrar nos seus automóveis.

O LIDAR é um "radar" laser que permite mapear o espaço tridimensional em seu redor. Facilmente se percebe que este é um dos sensores mais desejados para os automóveis autonónomos, e que lhes dá a capacidade de ver tudo o que existe à sua volta. O problema é que este tipo de sensores é bastante volumoso, coisa que a Velodyne tem tentado resolver.

Num carro protótipo, ninguém ficará muito incomodado por ter uma "batedeira" colocada no tejadilho; mas para aplicação num carro comercial, há que procurar formas mais atractivas de integrar tais sensores. Com o seu puck, a Velodyne reduziu o tamanho de um LIDAR para algo bem mais compacto, e agora a Ford revela que vai utilizar o seu novo Ultra Puck, com capacidade melhorada (duplica o alcance para os 200m) e que poderá ser integrado de forma mais discreta nos espelhos laterais de um veículo.

Infelizmente, ainda haverá muito a fazer. Bastará referir que o puck da Velodyne tem um preço de 8000 dólares, e que será necessário reduzi-lo em muito para que se possa tornar comercialmente viável em larga escala (por outro lado, se assumirmos que passaremos a ter frotas de automóveis autónomos partilhados, esse custo deixará de ser tão problemático.)


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]